Poemas, frases e mensagens de Verdade

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Verdade

ASAS DE ANJO

 
ASAS DE ANJO

A luz de um candeeiro
iluminou a tábua escura que me cobria.
Recordei e esqueci!
De um momento para outro
não voltei a lembrar o que passou.
Apenas segui uns passos
que me levaram sem destino.
Ao entrar num cerco
fingi morrer!…
… Uma pomba branca subiu no céu.
A madrugada despontou no horizonte.
As asas brancas de um anjo
despertaram-me!

Deolinda de Almeida

1973
 
ASAS DE ANJO

PENSAMENTOS

 
PENSAMENTOS

Penso!…
…Penso em alguém escondido que me espreita.
Penso!…
… Penso num amor e num romance que passou.
Penso!…
… Penso no meu corpo vendido para um ser
que amo e amei.
Penso!…
… Penso na dor que me tortura e me faz revoltar
contra mim mesma.
Penso!…
… Penso num novo dia e numa nova lua
que verei sem Ti.
Oh, as palavras que eu penso
são infinitas saudades
infinitas recordações.
Ao recordá-las
não te esqueço
simplesmente
porque penso!

Deolinda de Almeida

1973
 
PENSAMENTOS

VELHO LIVRO

 
VELHO LIVRO

No meu velho livro, perco-me.
Imagino, desfaço e realizo.
Imagino um sonho mágico
desfaço a palidez que me envolve
realizo o meu desejo.
Um horizonte em fogo
dissipa a minha visão.
Perdida por entre mil folhas
ardo sem fósforo!
Então…
… O meu velho livro percorre o meu espírito.
Ergo as mãos
e em clemência, peço perdão!

Deolinda de Almeida

1973
 
VELHO LIVRO

LÁGRIMA

 
LÁGRIMA

Lágrima!…
… Gota de amor perdida, no choro inconsolável
de uma amante.
Lágrima!…
… Berço que embala vagarosamente
o soluçar de uma criança
gota d’água desprendida numa manhã de orvalho.
Lágrima!…
… Espaço infinito de mil estrelas
chama que arde e não se apaga
riso sufocado nas entranhas
de um corpo que sofre.
Lágrima!…
.. Rio que parte
na imensidão de um sonho!…

Deolinda de Almeida

1973
 
LÁGRIMA

DESPERTAR

 
DESPERTAR

Peso que derruba uma pedra de sonho.
Chegada que eleva um pássaro sem asas.
Vem, vai e volta.
Paira no céu e desfaz
um minuto que passou.
Ao acordar, tudo é diferente!…
… O peso nada derrubou!…
… O pássaro sem asas
jamais voou!…

Deolinda de Almeida

1973
 
DESPERTAR

LIMIAR DA VIDA

 
LIMIAR DA VIDA

... No derradeiro limiar da Vida
tudo se extingue e renasce
para que do novo amanhecer
outro Sol, se ponha!...
... No derradeiro limiar da Vida
mil e uma são ceifadas
para que na memória do Homem
se tornem inesquecíveis!...
... Tudo passa e se repete
no relógio do tempo
que marca e conta!...

Deolinda de Almeida
2004
 
LIMIAR DA VIDA

LEMBRANÇAS

 
LEMBRANÇAS

Uma pena atirada, desliza.
Poisando no mar, é frágil.
Porém
o mar revolto, acalma!…
… Torna-se
cada vez mais leve.
Subindo lentamente
desaparece por entre uma nuvem.
Ao nascer
uma imagem permanece
uma recordação, fica.

Deolinda de Almeida

1973
 
LEMBRANÇAS

DOCE OLHADO

 
DOCE OLHADO

Se ao sentir um doce olhado
e caminhar em tua direcção
direi ao mundo que existo!
Ao ver-te
algo em mim desperta para a vida.
Ao desejar o teu afago, a tua doçura, o teu amor
nada dentro de mim existe
a não ser Tu!
Vida que volta
num simples olhar que se cruza.
Amor que sonha
amor que vive
amor que cobre o meu corpo
animado por uma simples carícia!

Deolinda de Almeida

1973
 
DOCE OLHADO

TEUS PASSOS

 
TEUS PASSOS

Teus passos que caminham meigamente
e que sofres, sem sentir.
Penso que ao ver-te
nada sei!
Ao longe, vejo mil e uma coisas que julgo possuir
mas que afinal, nada tenho!
Teu rosto que sorri
e teus olhos que leem o meu pensamento.
Soubesse Eu
que ao vir ao Mundo
te encontraria ao acaso!
Soubesse Eu
que viveria eternamente só!
Não!…
… Sei que a Terra gira
sempre e sempre igual
e que Eu sofro
apenas, por Ti!…

Deolinda de Almeida

1973
 
TEUS PASSOS

SER FELIZ

 
SER FELIZ

Se queres ser feliz
desperta por fim
abre o teu coração
eleva o teu pensamento
acima das coisas materiais
e encontrarás a Paz.
Se queres ser feliz
vence a ti próprio
e serás o maior herói.
Se queres ser feliz
conhece-te a ti mesmo!...

Deolinda de Almeida
2009
 
SER FELIZ

PARTE UM BARCO

 
PARTE UM BARCO

Parte um barco.
Um lenço acena
um rosto chora.
No porto
partem saudades e um beijo atirado
vagueia no espaço.
O barco afasta-se
torna-se cada vez mais pequeno.
O lenço pára.
A mão deixa de mover.
Eternamente no vácuo…
… O beijo continua!…

Deolinda de Almeida

1973
 
PARTE UM BARCO

NOITE DE LUAR

 
NOITE DE LUAR

Era noite e o reflexo da lua
despontava num ponto.
A praia era grande e no mar
havia outra lua e outro luar desconhecido.
Falámos e trocámos
olhares secretos.
Lembrámos e relembrámos
como duas crianças.
As conchas espalhadas
recordavam imagens e contos de fadas.
A espuma vinha e ficava na areia
que de repente
se vestia de branco.
Corremos!…
… Cabelos ao vento
olhares trémulos.
Era a praia, o mar, a lua e de repente
um beijo
rebentou o balão dos meus sonhos!…

Deolinda de Almeida

1973
 
NOITE DE LUAR

CONCERTO

 
CONCERTO

Um sol irradia um átomo incógnito.
Um concerto termina.
Algo inconcebível ataca.
Gente diplomada
olha com desprezo.
Porém
a miséria continua!…
… Durante anos lutei
mas em vão
tudo desapareceu!
Tudo!…
… Porque o desprezo diplomático
infestou uma sala de concerto.

Deolinda de Almeida

1973
 
CONCERTO

NOITE SEM LUA

 
NOITE SEM LUA

Punhal que se crava
nas costas de uma vítima!
Arma criminosa que mata!
Gosto insaciável de ferir!
Sangue que brota
de um poço sem fundo!
Gemido de uma mulher assassinada!
Carne que apodrece
numa noite sem lua!…

Deolinda de Almeida

1973
 
NOITE SEM LUA

LUTA POR SER LIVRE

 
LUTA POR SER LIVRE

... Luta por ser livre
renascendo em cada dia que passa
porque o tempo não conta!...
... O fogo aqueçe o corpo e a alma
e só por isso, não abandones os teus sonhos!
Podes conhecer tantas coisas
podes evoluir calmamente, sem pressas!...
... Não saias derrotado
esforça-te por atingir a meta
não percas essa aposta!...

Deolinda de Almeida
2004
 
LUTA POR SER LIVRE

CHOVE

 
CHOVE

Chove!…
Cai uma gota que resvala e se perde.
Chove!…
Caiem mil gotas
numa vidraça embaceada
por um bafo humano
que de repente cessa!
Chove!…
Num cantinho
aguardam-se esperas e lágrimas
que se confundem
com gotas de chuva
num impermeável sem cor.
Chove!…

Deolinda de Almeida
1973
 
CHOVE

SINTO

 
Sinto...
No mundo um vazio profundo
um amor ausente
uma distância sem tempo
uma vida sem sentido.
Sinto...
O descompasso de cada coração
a tristeza em cada olhar
o silêncio das palavras não ditas
a mágoa ressentida
a infelicidade em cada rosto.
Sinto...
em cada um uma parcela do todo
uma centelha Divina.
Sinto...
Em cada amigo um irmão
em busca da Perfeição!...
Sinto...
Que tudo pode mudar
quando o homem quiser!!!

Deolinda de Almeida
2009
 
SINTO

CHAVE

 
CHAVE

Chave que abre a porta
de um coração fechado.
Lábios que se unem
e juram amar-se eternamente!
Vozes que falam.
Rosto amado
imagem que continua.

Deolinda de Almeida

1973
 
CHAVE

PÁSCOA FELIZ

 
Páscoa Feliz, com muita Alegria, Amor e Paz no coração, são os meus maiores desejos.

Até sempre!...

Deolinda de Almeida
11 de Abril de 2009
 
PÁSCOA FELIZ

AMOR INCONDICIONAL

 
AMOR INCONDICIONAL


Minha essência
centelha Divina
Fogo Sagrado
no meu coração.
Minha essência
centelha Divina
em busca da união.
Minha essência
centelha Divina
partícula
da Criação.
Minha essência
centelha Divina
Deus
em sua manifestação.

Deolinda de Almeida
2009
 
AMOR INCONDICIONAL

Não estou com a mentira e com a hipocrisia.