https://www.poetris.com/





Lusopoemas, a casa dos fantasmas, polo de desumanização
sem nome
O Lusopoemas sem estatísticas desincentivaria a criação de inúmeros perfis falsos. O Lusopoemas sem clube de fãs funs e gostos primaria pela autenticidade por uma única causa que é a literatura, causa pela qual nasceu, creio. O Lusopoemas sem estrelas deixaria de descriminar os autores, e por fim, o Lusopoemas sem comentários deixaria de fomentar a hipocrisia e outras guerras. O Lusopoemas sem tudo o acima referido incentivaria os autores a esforçarem-se na criação dos seus textos elevando a qualidade dos mesmos. O Lusopoemas com um fórum fomentaria a iteração, o diálogo, e possivelmente muitas guerras verbais, no entanto abriria caminho, primeiro à liberdade e por consequência ao progresso. Poder-me-ão dizer: talvez deixasse-mos de cativar as crianças que procuram o Luso para se divertirem trocando piropos e gostos nas suas páginas muito mal escritas mas ainda assim responsáveis pela sobrevivência da própria casa. Talvez sim talvez não, talvez sem as crianças brincalhonas aparecessem outras mais sérias e quiçá mais talentosas. Nunca saberemos enquanto não houver a coragem para mudar, e mudar tendo como causas nobres a literatura e o voluntariado em prol da literatura que é o mesmo que dizer, a humanidade. E por último, o Lusopoemas não precisa de ser uma cópia barata do facetrook.

Anapi

Criado em: 28/3 7:56
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: O Lusopoemas...
sem nome
Como constatarão se forem à sua minha página, este texto não foi escrito pela falta de leituras ou ditado pelos ódios antigos nem modernos a que esta casa tão serenamente tem assistido ao longo dos tempos contribuindo para a aniquilação de muitos autores que por cá teem passado, mas é somente uma opinião com vista a melhorar uma casa que muito estimo. Haja outras opiniões e vontade de as expressar que todas contribuirão para a evolução rumo ao futuro. Eu gostaria de pensar que no Lusopoemas ainda há quem se interesse pela escrita, pela literatura, embora hoje tenha já muitas dúvidas gosto de pensar que sim, que ainda há quem se interesse por coisas boas.

o carrossel não é definitivamente uma coisa boa. bom, disto isto falta dizer que, a rapariga logo volta a ir, a ir, a ir, a ir,

(hummm que bom) embora...

shashau

Criado em: 28/3 8:22
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: O Lusopoemas...
sem nome
eu sempre soube que cá no Lusopoemas contam-se pelos dedos de uma só mão os interessados em poesia, em suma, em literatura. aqui no Lusopoemas a grande maioria dos autores estão somente interessados em andar de carrossel e exibir as suas vaidades pelos números falsos que em nada abonam a favor dos seus textos, maioritariamente deploráveis. e sabia também que a grande parte deles copia as palavras com que os escrevem e a prova é poucos são os que se sabem expressar convenientemente e por isso evitam este tipo de debates ou mesmo comentar outros textos. por outro lado o Lusopoemas não deve ter actualmente mais que meia dúzia de gatos abraçando vários perfis. qual fernando pessoa? não, nem pensem. senão veja-se, ao fim de quatro horas da publicação o texto apenas regista 18 leituras e três ou quatro são minhas o que diminui a quantidade de leitores. se este resultado subtrairmos mais algumas dos que entraram no texto mais que uma vez chegamos à conclusão de que ninguém está interessado em mudar, ou em participar no que quer que seja que lhes retire a sensação falsa das suas vaidades. sim senhor! muito bem, pois então o mundo está entregue aos analfabetos burros e assassinos. ó nossa senhora... este mundo virtual ainda vai dar muito que falar, pois mata mais que o covid 131!

Criado em: 28/3 11:45
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: O Lusopoemas...
sem nome
e quando cá chega alguém com algo decente ou que simplesmente os desmascara tentam por todos os meios corre-los daqui para continuarem a reinar com as suas mediocridades praticando todo o tipo de barbárie. são escritores atrasados mentais ou bichos? eu diria que são bichos atrasados mentais frustrados, desgraçados sem amor, viciados que se apoderaram do Lusopoemas e da internet para difundirem o que ninguém compraria quando editado em livro tirando os seus amigos do facetrook por favor.

https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=348907

Criado em: 28/3 11:52
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: O Lusopoemas...
sem nome
e por fim, tenho a dizer o seguinte, continuem a destruir esta casa até restar somente nada. isso, sejam camelos e matem tudo, depois podem dizer que a culpa foi minha que eu já estou habituado e entretanto as costas cresceram como o caralho, por isso, aguentam bem a totalidade das vossas barbáries. triste é perceber que esta casa continua a pactuar com assassinos em série sem que nada faça para diminuir o número de vitimas ou mesmo, sem que nada faça para se elevar e perdurar no tempo. senhoras paredes, senhoras camelas, as senhoras são umas GRANDES
prutas.

FIM

Criado em: 28/3 12:17
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Lusopoemas, a casa dos fantasmas, polo de desumanização
sem nome
Poetas e escritores que se remetem ao silencio pensando que a distância os salvam dos seus pecados e que os seus espaços fechados os salvam de denunciarem as máscaras das noites escuras que usam estão deveras muito enganados e apenas denunciam ao mundo a falsa superioridade dos seus mundos narcissisticos evidenciando claramente os vazios de que são portadores à medida que a desumanização que deveriam combater prolifera ornada pelos cabelos dos seus silêncios, dos seus estados vegetativos satisfeitos com o banho na praia onde passam o tempo de judas igual a eles, verdadeiramente banal, em queda deixando transparecer as suas frustrações ditadas por aquilo que não teem, pensamento, sentimento, e arte de. Se um poeta ou escritor é apenas um telejornal malicioso prolongando os seus medos ignorando a tragédia social onde fatalmente aparecem sentados reclamando o papel de vitima abrasados às suas figueiras em pele de lobos corruptos camuflados pelos peitos sem mamilos arrepiados o conteúdo do jornal de noticias é no mínimo duvidoso e insuficiente para alcançarem o infinito ou a eternidade. e os poetas e escritores do Luso são... não sei, digam-me vocês, caríssimas baladas mortas quem são.

Criado em: 29/3 14:27
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Lusopoemas, a casa dos fantasmas, polo de desumanização
sem nome
uma beata duas beatas três beatas quatro beatas, duas cadelas, três gatos, quatro antípodas, uma mesa sem pés, cinco centopeias, muitos caracóis, vinte upnhacas... o cocó o facada o ranheta... maldito seja deus, o carrossel está à pinha!

Criado em: 29/3 16:48
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Lusopoemas, a casa dos fantasmas, polo de desumanização
sem nome

Criado em: 29/3 17:52
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Lusopoemas, a casa dos fantasmas, polo de desumanização
sem nome
como é, ó senhor presidenta desta casa, vai deixar passar mais esta barbárie em claro? por favor... não me diga que não vai ordenar cinquenta flexões ao prevaricador. olhe que desta vez vou-lhe ao...

é muito triste falar com ninguém. os presidentes normalmente são assim, ninguém! desumanização... odeio ter razão. a culpa é da economia. o atrasado mental do boisonaro... quantos boissonaros haverá neste mundo, bonito!

https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=348907

Criado em: 29/3 19:31
Transferir o post para outras aplicações Transferir







Links patrocinados