https://www.poetris.com/



« 1 ... 43 44 45 (46)


Re: QUEM SABE SE EU TIVESSE O DOM.
Colaborador
Membro desde:
6/12/2015 13:43
Mensagens: 1260
Open in new window

Criado em: 11/8/2017 21:36
_________________
A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.



Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Colaborador
Membro desde:
6/12/2015 13:43
Mensagens: 1260
Open in new window

Criado em: 11/8/2017 21:38
_________________
A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.



Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Colaborador
Membro desde:
6/12/2015 13:43
Mensagens: 1260
Open in new window

Criado em: 11/8/2017 21:40
_________________
A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.



Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Colaborador
Membro desde:
6/12/2015 13:43
Mensagens: 1260
Todos os cartões foram produzidos pela poetisa Semente. Muito obrigada, querida amiga. Abraços!

Criado em: 11/8/2017 21:44
_________________
A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.



Transferir o post para outras aplicações Transferir


QUEM SABE SE EU TIVESSE O DOM.
sem nome




Se eu tivesse o dom
De nunca esperar o raiar do dia
E contar no céu estrelas cadentes
Como se fossem espaçonaves
Aterrissando em gotículas
Nas noites;


Se eu tivesse o dom
De ser mais veloz que a luz,
Em câmera lenta
Passearia sobre as campinas
Como um pirilampo
Pousando aqui, ali
Rumando incerto
Em alegres toques
Que não sinto
Mas que sinto num sonhar
Seu invisível toque;


Se eu tivesse o dom
De antever o presente
Da felicidade
Que sempre esteve ausente
Quem sabe
Eu não mais sonharia
Com um Universo paralelo
E uma fuga dormente
Fantástica
De ter na fuga
Uma fantasia como semente;


Se eu tivesse o dom
Ainda
De jogar meus rascunhos fora
E reescrever mil metáforas
Quem sabe
O futuro me aguardasse
E me desse de presente
O passado
Em que livre sendo criança
O mal não povoasse minha mente;



Se eu tivesse o dom
De ainda
Esperar
De ser mais veloz que a luz
E pousar em qualquer lugar
E antever o presente
E escrever mil metáforas
Quem sabe...


Quem sabe
Eu teria - de novo -
O dom de sonhar...
Quem sabe
Eu aspirasse o odor pueril
Das manhãs
E ficasse desesperado
Pra contar a todos
Que vagam como pirilampos
Quão belo é o despertar.




(Rehgge, 1/4/09)

Criado em: 12/8/2017 12:07
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: QUEM SABE SE EU TIVESSE O DOM.
Colaborador
Membro desde:
6/12/2015 13:43
Mensagens: 1260

Bom dia,poeta CamargoRehgge. Encantei-me com a tua poesia. Pode-se ver uma sensibilidade, bem como se sentir uma serenidade muito grande em toda poesia. O sarau já terminou, mas não me contive em vir apreciar teus versos. Parabéns! 👏👏

Criado em: 12/8/2017 12:26
_________________
A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.



Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"/ PARA VÓLENA P/SEMENTE
Colaborador
Membro desde:
10/10/2012 16:21
Mensagens: 12514
BEIJOCAS GRANDES, muito obrigada pelas suas palavras sempre amigas e reconfortantes que só agora li e me encheram o coração de felicidade. Estão de parabéns foi um grito bem repercutido e viva a POESIA! FÃ AMIGA Vó

Criado em: 12/8/2017 16:19
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
sem nome
*Um evento e tanto!
Gostei muito!
Parabéns pela iniciativa e vivas aos amigos que aqui deixaram suas letras!
Beijoka*

Criado em: 13/8/2017 2:48
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Colaborador
Membro desde:
6/12/2015 13:43
Mensagens: 1260
Open in new window
[quote]

Criado em: 14/8/2017 5:59
_________________
A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.



Transferir o post para outras aplicações Transferir


Com'um grito
Subscritor
Membro desde:
24/2/2017 12:37
De Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1982





Com'um grito




Como eu o grito
Cresce à vista
O vasto e o calado
A solidão do prado

Com o meu grito
Nem porto ou cais
Poderá ser d'vendavais
Abrigo

Como eu grito
Nem os pássaros
E o cio dos lobos,
Parideira com dor

Como eu nem os
Animais ou a fúria
De seis Búfalos,
Como eu o grito

É ter cinco pedras
Na mão e determinação
Fora-do-normal
De gorila grisalho

Do Adamastor
O urro, a dor de Joana D'arc














Joel Matos










Criado em: 8/2/2018 11:06
_________________
Joel Matos , aliás namastibet
Transferir o post para outras aplicações Transferir



« 1 ... 43 44 45 (46)




Links patrocinados