https://www.poetris.com/



« 1 ... 33 34 35 (36) 37 38 39 ... 46 »


Re: Sarau "O Grito da Poesia"p/Rogério
Colaborador
Membro desde:
3/9/2012 3:38
Mensagens: 16052
Rogério
Concordo quando diz que esse sarau está um sucesso, mas esse sítio nunca esteve morto, penso que esse evento deu uma renovada nesse ambiente. Que venham outros eventos como esse!
Abraço!
Janna

Criado em: 7/8/2017 17:49
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Colaborador
Membro desde:
29/1/2015 10:19
De Betim - Minas Gerais - Brasil
Mensagens: 3758
POR IRONIA

-- "Tudo bem?" -- alguém pergunta.
-- "Nada mal!" -- o outro responde.
... E a coisa segue por aí:
-- "Muito bom." -- aquele ajunta
-- "Bom ou mau?... Sem quê nem onde!" --
E diz de si para si:
-- "Quanto mais a boca assunta,
Mais o coração esconde...".

Não sabem o que dizer,
E dizem algo arbitrário
Ou que todo mundo diz.
Ninguém quer mesmo saber
Quanto sente e mente vário
Ao dizer-se bem feliz...
Por ironia, há-de ser
O contrário do contrário!

Ser feliz dizem que é dom:
-- "Ou se tem ou não se tem
Em si a felicidade!" --
Falam sem mudar de tom.
N'um paradoxo, porém,
Minto ao dizer a verdade:
-- "Está tudo muito bom...
Eu é que não estou bem!"

Betim - 07 08 2017

Criado em: 7/8/2017 18:39
_________________
Ubi caritas est vera
Deus ibi est.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"/ PRA MIGUEL JACO
Colaborador
Membro desde:
29/8/2009 14:28
De Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
E o poeta com seu terceiro poema "Rondel", brindas ao Sarau, e ao Luso, com sua participação brilhante.
Também, colabora com o sarau, comentando os poemas dos que aqui comparecem, suprindo ausências, com elegância e respeito.

Muito obrigada querido Miguel, parceiro juntamente com outros comentadores, e com as anfitriãs do sarau, espontâneo e amigo.

Um poema magnífico, cujos versos são como as ondas que lambém a areia da praia , e o mar todo o corpo da poesia!

Parabéns, e um grande abraço, parceiro !


Criado em: 7/8/2017 19:41
_________________
Por não saber do brilho das estrelas,
alumio veredas dentro de mim


Open in new window
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"/ PARA POETAMILNOVO
Colaborador
Membro desde:
29/8/2009 14:28
De Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
Olá PoetaMilNovo, que bom que veio para participar trazendo sua poesia para iluminar ainda mais esse sarau! Muito obrigada pela presença amiga!

Uma metalinguagem poética louvando a grande musa dos poetas, em noite de luar, e em dias claros de sol, de forma encantadora.
Acertamente para O Grito da Poesia, o teu poema encanta e pacifica o olhar de quem te lê, Poeta !
Muito obrigada, por esse momento.
Beijos !


Criado em: 7/8/2017 19:55
_________________
Por não saber do brilho das estrelas,
alumio veredas dentro de mim


Open in new window
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"/ PARA RICARDO C
Colaborador
Membro desde:
29/8/2009 14:28
De Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
Caríssimo poeta, que bom que retornou ao sarau, trazendo mais uma valiosa contribuição para a continuidade do mesmo, que já beira o seu término. Muito obrigada, mesmo, de coração!

O teu poema aborda com maestria, uma situação do dia a dia, muito comum, entre as pessoas. Incrível a forma como o desenvolveu poeticamente, que leva o leitor (a) a pensar.
Inclusive esse princípio também se aplica ao "falar", que não é sinônimo de "dizer"....Bem, mais aí, é análise já pra outro poema com o tema. rsrsrsr...

Olhar e Ver parecem sinônimos, mas não são . "Ver" é apenas um função da visão, desatenta, imediata, sem interesse, algo um tanto frio, apenas para dar conhecimento de que algo existe.
Olhar, é diferente. Esse ato de olhar é mais demorado que o "ver", e nos remete a uma reflexão,dedicada a essa ação. O "olhar" humaniza o ato, é preocupado com o "perceber", "sentir" a quem se é olhado. Uma espécie de empatia acontece nesse momento.

N'um paradoxo, porém,
Minto ao dizer a verdade:
-- "Está tudo muito bom...
Eu é que não estou bem!"


e então, conclui-se daí que muitos veem, mas não "olham", não "enxergam".

Muito, muito bom Ricardo, amei por demais esse poema e que me fez divagar por aqui.
Beijinhos

Criado em: 7/8/2017 20:20
_________________
Por não saber do brilho das estrelas,
alumio veredas dentro de mim


Open in new window
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"/ GOTA DE POESIA - Minha terceira e última contribuição.
Colaborador
Membro desde:
29/8/2009 14:28
De Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
Open in new window

Não sei de onde veio
intrusivo orvalho
deslocando brisas em espiral
p'ra desfolhar alguma anoitecência
no meu quintal
refém de uma folha de nhame
se arvora em brilhos
no embalar do vento
a espera de quem o derrame...

estesiada em rócio de luares
a gota, triste, assim, dizia:
- é de ti, oh, Lua, esse fulgor
ou me roubaste a poesia?

Maria Lucia ( Centelha Luminosa)


Criado em: 7/8/2017 20:35
_________________
Por não saber do brilho das estrelas,
alumio veredas dentro de mim


Open in new window
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Da casa!
Membro desde:
8/4/2017 18:10
Mensagens: 309
Semente, Maria Lúcia

Mulher encantadora, empreendedora, culta, delicada, não poderia passar em frente sem dizer nada!! rsrs

Então aqui vai...

Esse sonho nunca se pode perder
Pois só ele tudo pode transformar
E sempre que ele faz enlouquecer
Tanto faz no chão, como alto-mar...rsrs

Ser trovador é meu fadário
Canto em todos os lugares
Até tendo como imaginário
Fazê-lo, em teus belos altares...rsrs

É bom que não tenhas medos
Quer seja agora, como depois
Para desvendar teus segredos
Ao voarmos numa nave a dois...rsrs

Criado em: 7/8/2017 20:42
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Da casa!
Membro desde:
8/4/2017 18:10
Mensagens: 309
Para Semente, Maria Lúcia.

Sobre o teu poema.

Poeta que assim canta
Cheiro a orvalho e maresia
Nunca terá nó na garganta
Neste clamar, de poesia!

Gota, cuja essência nunca deixará de inundar o universo, de poesia!

Não é preciso muito, para se dizer muito mais!


Criado em: 7/8/2017 21:04
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"p/Lúcia
Colaborador
Membro desde:
3/9/2012 3:38
Mensagens: 16052
Lúcia
Amiga, quanta sensibilidade e poesia há na gota de orvalho e ainda há quem não enxergue o valor grandioso nas coisas ditas simples.
Parabéns! Adorei!
Beijos!
Janna

Criado em: 7/8/2017 22:10
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"/ GOTA DE POESIA - Minha terceira e última contribuição.
Colaborador
Membro desde:
23/6/2011 2:06
De Taubaté SP
Mensagens: 9268
Boa noite Semente esta tua terceira participação nos trás a luz do conhecimento as efemeridades desta natureza humana, que nos surpreende a todo momento com eventos virtuosos, e outros nem tanto, parabéns pelo vosso eloquente poema, e suntuosa participação neste caloroso sarau, um abraço, MJ.

Criado em: 7/8/2017 22:12
Transferir o post para outras aplicações Transferir



« 1 ... 33 34 35 (36) 37 38 39 ... 46 »




Links patrocinados