https://www.poetris.com/





eis-me jaber
Colaborador
Membro desde:
24/7/2008 17:57
De Braga
Mensagens: 2802
Nesta inauguração da crónica em jeito de ante-estreia vou falar de uma personagem castiça do nosso site (é o melhor que consigo dizer de mim) Quero já dizer que ao contrário da maioria dos colunistas sociais da nossa praça, eu não sou gay. Perdoem-me leitores o pecado mas sou hetero.
Embora o meu nick (jaber) pressuponha um fake (falso em inglês), não o sou. Este nick remonta ao século passado (apontem que isto é um documento histórico), aquando de uma animação da Warner Brothers (eu avisei que era sério!) onde a figura principal era um tubarão estúpido, cobarde, medroso e péssimo nadador. A animação era “jaber Jaw, o valente tubarão” ( lê-se jeiber-jó, vá lá, digam todos JEIBER-JÓ). Pronto, já sei o que estão a pensar… Não, não foi por também ser estúpido que me puseram a alcunha, foi pelo meu apelido, Valente, perceberam? É claro que de início não achei piada nenhuma à alcunha e aquilo deu pontapé e bofetada no recreio durante meses a fio sempre que alguém se atrevia a chamar-me Jaber. Mas depois as meninas fizeram-me mudar de ideias, porque o Jaber tinha um aspecto amoroso (falo do tubarão da animação) e elas gostavam da imagem de animações amorosas como por exemplo o Snoopy e claro está o Jaber (falo de mim), de maneira que era jaberzinho para aqui, jaberzinho para ali chegando ao cúmulo de ser acusado pelo prof. de português de muleta sexual das meninas do colégio.
Sou um vaidoso, adoro as minhas camisas quase todas em tons de azul. Sou de ideias fixas, uso o mesmo perfume há anos, não mudo. Qual? Áh, terão que me cheirar o cachaço e dou três oportunidades, senão acertar vai ao castigo, e leva tau-tau. Concurso limitado a concorrentes do sexo feminino. Se porém acertar e mesmo assim quiser levar tau-tau abrem-se excepções.
Não sou poeta, não sou escritor, nunca editei e não sou intelectualóide. Não gosto que nos comentários me tratem por “caro poeta”, porque acho que estão a gozar comigo em antífrases com ironia em riste. Ou comigo ou com os poetas verdadeiros. Eu nem aos poetas brinco, tenho muito respeito por eles para me achar como tal.
Sou sarcástico, irónico e até cínico. Mas sou-o comigo mesmo também. Gosto de me gozar até aos extremos. Imaginem que muitas vezes de manhã me ponho ao espelho, todo nu… (meninas, vá lá, uma de cada vez…!) e gozo com a pequena barriga que ostento (é mesmo pequenina, juro…bem, pronto, nota-se um bocadinho… porra, tá bem pronto, é proeminente...óh pá, não, isso não, chamar-me barrigudo não, meninas então? Olha o respeito.).Não, nem pensem que vos vou dizer que mais é que tenho pequeno, são até bem grandes se querem saber. Bem, não tão grande assim. Diria que, pronto, são normais. Porra vocês são chatas, pronto, eu confesso são pequenos os meus pavilhões auditivos o que às vezes me provoca uma certa dificuldade de audição (audição, eu disse AUDIÇÃO tá bem? De erecção não tenho problemas nenhuns…bem, se estiver com os copos e tal complica um bocado… Mas isso é normal, não…? Então? Não respondem…? E estão com esse olhar de desdém porquê?).Bem, adiante…
Na escrita, ui a escrita! Aqui é que a porca torce o rabo. Na escrita ganhei vários prémios. Áh, pois é, não sabiam? E comecei bem novo, ficam já a saber, só que sou modesto, não faço alarde disso. Por exemplo, aos 14 anos a Teresa que era uma mocinha com um jeito fantástico para trabalhos manuais mostrou-me as habilidades dela por trás da escola depois de lhe enviar umas quadras plagiadas do João de Deus (ganhei o concurso anual “quem papa a Teresa”). A Ana que tinha uma voz fantástica de soprano abriu a goela num ária de fazer partir cristais depois de umas rimas mal-amanhadas que consegui fazer a rimar flor com amor, coração com paixão e coisas assim (este prémio era o famoso “árias de verão da Ana”). Acrescento que enquanto ela abria a goela descobri um talento que me desconhecia já que a acompanhei a preceito com uma linda voz de tenor. Aquilo é que foi uma cantoria.
E mais, tem mais… Mas um dia conto mais, sempre que alguém vier para o fórum fazer relatórios extensivos e chatos dos prémios que angariou vou lá dizer os meus. Amor com amor se paga.

Criado em: 29/10/2011 14:55
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: eis-me jaber
sem nome
S-O-B-E-R-B-O!

Criado em: 29/10/2011 16:49
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: eis-me jaber
Colaborador
Membro desde:
8/12/2008 15:15
De Vila Viçosa
Mensagens: 3906
Muito prazer.

Criado em: 29/10/2011 19:19
_________________
Era tão fácil a poesia evoluir, era deixa-la solta pelas valetas onde os cantoneiros a pudessem podar, sachar, dilacerar, sem que o poeta ficasse susceptibilizado.

Duas caras da mesma moeda:

Poetamaldito e seu apêndice ´´Zulmira´´
Julia_Soares u...
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: eis-me jaber
Colaborador
Membro desde:
4/7/2007 14:11
De Porto
Mensagens: 3535
E não é que gostei de te ler?
Acho que faltam muitas coisitas, mas como prometeste voltar e contar mais, estás perdoado.

Mas por favor não menciones os prémios todos que ganhaste, pois essa novela nunca mais acaba e um bocadinho de humildade não fica mal a ninguém!

Parabéns Jaber Valente.

Criado em: 30/10/2011 7:52
_________________
Carolina
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: eis-me jaber
Membro de honra
Membro desde:
14/5/2008 21:44
De Leiria
Mensagens: 9702
Valente Jaber,
rs
escreves aqui uma crónica irónica, bem escrita e
reduzindo ao ridículo todos aqueles que se auto-elogiam
dos seus feitos.
Posso contar-te um segredo?
... Eu por acaso sou muito conhecida
(mas só na minha rua...) porra! Alguns descobriram que eu escrevia umas coisitas de (tuge) percebes? E agora... pedem-me autógrafos mas só porque sabem que nunca ando com caneta. Porque raio não andam eles também com caneta? Está-se mesmo a ver...
Beijo. Adorei!
Vóny Ferreira

Criado em: 30/10/2011 10:48
_________________
visite o meu blog aqui...http://vonyferreira.blogspot.pt/
Vóny Ferreira
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: eis-me jaber
sem nome
Quem não te conhece que te compre!

Criado em: 30/10/2011 11:16
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: eis-me jaber
Novo Membro
Membro desde:
19/12/2011 18:44
Mensagens: 3
Um ENCANTO

Criado em: 22/12/2011 23:19
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: eis-me jaber
Novo Membro
Membro desde:
26/12/2011 17:06
Mensagens: 2
Um homem com tudo, estou todinha de quatro.

Criado em: 26/12/2011 17:09
Transferir o post para outras aplicações Transferir







Links patrocinados