https://www.poetris.com/





Haveria justiça no contexto humano?
Subscritor
Membro desde:
1/5/2012 18:42
Mensagens: 4479

Um pai que perdera o filho vítima de assalto, em declaração a imprensa diz confiar na “justiça”.
No Brasil a corrupção é tão intensa como um câncer que se alastra sem controle e cura, que faz com que vislumbremos apenas “quadros obscuros” para o futuro da nação.
Do ponto de vista puramente material.

Assim como a "verdade" existiria essa tal de "justiça"?

Criado em: 5/4/2014 12:59
_________________
Meu objetivo na vida
É trazer luz lá do fundo
Assim na partida
Já conhecerei além-mundo


Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Haveria justiça no contexto humano?
Colaborador
Membro desde:
27/3/2010 23:25
Mensagens: 3365
A justiça existe. Cabe aos homens/mulheres fazerem com que funcione.
Se existe corrupção - esse vício antigo que vem desde a colônia - essa só acabará se houver empenho de todos para mudar. E essa mudança passa pelo voto. Pela fiscalização. Pela cobrança e punição quando necessário for.
Existem sim corrupção e justiça mal aplicada. Mas aqui não é pior do que em outros países. Temos sempre essa necessidade de depreciar a nossa terra como se fosse o pior lugar do mundo.
Amar a nossa terra é tentar transformá-la em um lugar melhor para se viver.
E acreditar que isso será possível com democracia e liberdade.

Criado em: 5/4/2014 16:26
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Haveria justiça no contexto humano?
Subscritor
Membro desde:
1/5/2012 18:42
Mensagens: 4479
Minha terra natal hoje é o planeta terra.
Essa "justiça" não se aplica ao planeta?

Acredito que não existe ainda uma resposta positiva da humanidade frente a "justiça", que me parece extrapolar o nosso aparato biológico.

Livro 8º, da República, Platão discorre sobre a justiça, aliás, a justiça na cidade é o que leva Platão a escrever esse diálogo. Na República, Platão define a justiça como a relação harmônica das 3 virtudes fundamentais que devem regular a alma: a temperança, a coragem e a sabedoria. A justiça é a justa medida, onde a temperança representa a sensibilidade regulamentada segundo a justiça, a coragem é a justiça do arbítrio (da vontade) e a sabedoria é a justiça do espírito. O homem justo é, para Platão, aquele no qual prevalece a conjunção harmônica das 3 virtudes, portanto, justo é o homem virtuoso.

Caso Platão esteja correto, podemos observar claramente o afastamento da humanidade da "Energia Da Justiça".

Criado em: 6/4/2014 4:59
_________________
Meu objetivo na vida
É trazer luz lá do fundo
Assim na partida
Já conhecerei além-mundo


Transferir o post para outras aplicações Transferir







Links patrocinados