https://www.poetris.com/



« 1 2 3 4 (5) 6 7 8 »


Re: o dedinho vermelho
sem nome
eu, no meu caso, acho que o dedo é uma aberração. ok. not ok. então agora vamos começar apontar de dedo em riste sujeitos a ficar sem ele e ainda fazermos figura de malcriados! era o que faltava. eu não escrevo para me tornar um post publicitário e só partilho se as condições forem do meu agrado, e não é do meu agrado que o mundo se torne um sapo. no entanto respeito quem pensa diferente. as madames que vão usando o dedinho e olha... talvez até seja bom, não sei...! mas uyma coisa é certa. se o futuro depender do dedinho então a natalidade vai continuar a descer e qualquer dia... santa maria...

Criado em: 22/8/2014 21:37
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: o dedinho vermelho
sem nome
hahaha

Criado em: 22/8/2014 21:46
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: o dedinho vermelho

Membro desde:
6/8/2009 20:29
De Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 2092
Pessoas vêm e vão, continuam com o mesmo discurso. ts ts... Fácil teoricamente... muito fácil... Solicitem ao Trabis para serem moderadores, quero ver na prática.

Aguardo.

Criado em: 22/8/2014 21:51
_________________
Helen De Rose
Visite meu blog
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: o dedinho vermelho
sem nome


Odair, não havia ninguém na mira, em particular, quando falei sobre alguns não terem estômago para receber uma crítica que não fosse um elogio. eu estou convicto, ao contrário de antes, que a crítica, seja ela um elogio, ou não, e pautada pelo respeito, pela genuína intenção de ajudar o próximo, por muito subjectiva que seja, é salutar a todos nós, poetas, e um meio de valorizar este site. espero que tenha sido bem claro na minha posição, que não é antagónica, mas construtiva. abraço.

Criado em: 22/8/2014 23:05
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: o dedinho vermelho
sem nome
cara helen de rosa, pessoas veem e vão! é assim que considera o seu semelhante?! cara helen, o que pensa a senhora que existe para além do mar, talvez um espelho não? eu bem digo nossa senhora...

bom, rosa de argila que se preze não pergunta: espelho meu... nem considera sequer tamanha maldade.

já agora Luis, com todo o respeito porque o mereces por direito próprio e conquistado, bem à imagem do mar e dos mares que que envolvem toda a ilha querida de esmeraldas ou não, o que entendes por respeito, qual o conceito de respeito?

nunca pensei nem passou pelo meu céu ser moderador de coisa nenhuma. quem quer escrever ou tentar escrever poesia não pode ser moderador do que quer que seja, atira e pronto.

eu venho já

Criado em: 22/8/2014 23:45
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: o dedinho vermelho
Membro de honra
Membro desde:
18/6/2010 2:36
De Cáceres, MT
Mensagens: 2743
Luís, antes de haver um mal entendido entre nós, sendo você uma pessoa que admiro e respeito neste espaço, gostaria de esclarecer que não me senti magoado na crítica com relação ao estômago. Na verdade, isso me levou a refletir se eu me encaixava neste quesito, o que na verdade, de certa forma não deixa de ser um fato, tendo em vista que fui um dos primeiros a questionar o dedinho vermelho na minha entrevista o que, na minha visão, suscitou essa discussão aqui no fórum. Quanto a crítica, creio sim ser fundamental para nós escritores. O que talvez eu não deixei bem claro é que, penso eu, elas deveriam pautar sim pelo respeito e consideração como alguns fazem (como citei no post acima). O que notei (e posso estar equivocado) é que depois que comentei sobre isso na entrevista, aumentou consideravelmente o número de vermelhinho em meus textos. Pude observar que, em alguns casos, eu mal posto o texto e já aparece o vermelhinho. Eu até sorrio do lado de cá. Afinal, paro o bem ou para o mal, isso significa que alguém está atento aos meus textos. E, para mim, é isso que importa. Sinceros abraços poéticos.

Criado em: 23/8/2014 1:15
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: o dedinho vermelho
sem nome

ora, Alberto, isto é quase como ir ensinar o padre a dizer missa! tu, que já és antigo neste sítio, e bem sabes das confusões geradas por comentários que visavam perturbar o autor, como por exemplo dizendo: 'este texto é uma merda', e coisas semelhantes, sabes, tão bem como eu, o que é um comentário respeitoso e construtivo, ou não!

Criado em: 23/8/2014 10:26
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: o dedinho vermelho
sem nome

pois, Odair, o dedinho vermelho não passa de um brinquedo nas mãos de alguns. também é alfinete. e penso que ambos os dedos estão muito longe de substituir um comentário sincero. e poderá haver alguns que nem se deem ao trabalho de comentar porque pensam que agitar um dos dedinhos já diz tudo! e como este sítio é para adultos, que valor têm esses dois brinquedos pindéricos para a qualidade deste sítio poético? um sincero abraço também.

Criado em: 23/8/2014 10:41
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: o dedinho vermelho
sem nome
o alberto tem o seu conceito de respeito, que respeita respeitando todos os outros, na íntegra. já o ferreira da silva que concorda com ele tem respeito por quem se dá ao respeito, diferindo do alberto apenas neste ponto. eu que intermedeio os dois por vezes gosto de chegar a mostarda a quem dela usualmente faz uso, daí devolver em termos linguísticos o veneno servido na bandeija de joão batista à mão que o estendeu.

quanto ao dedo, a opinião dos três é clara: é uma ilusão com a qual se mata muitos irmãos do mar através de emoções que veem e vão e teem os seus dias como todo o mar de argila que se preze pela essência da sua constituição mineral e nunca por uma de plástico adquirida num livro de ferro e aço. isto porque num lugar destes as ilusões sucedem-se a a um ritmo impressionante, quer através dos vários perfis do mesmo autor, que assim pode tirar coelhos de um chapéu azul aos quadrados.
Um bom fim de semana para todos

Criado em: 23/8/2014 19:44
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: o dedinho vermelho
Luso de Ouro
Membro desde:
4/2/2013 23:42
De Uberlândia - MG - Brasil
Mensagens: 2374
Quem é a favor da crítica não devia se importar tanto com os dedos.
Afinal, quem pode garantir que as dedadas não são sinceras?!
E se tem certeza que não, por que se importar?
Pelo que vejo, é impossível criar alguma forma de avaliação, pois
sempre vai ter alguém reclamando.
Tudo bem! Pode ser que alguém fale agora: "Mas para que avaliação?"
Então... para que a crítica?!
O problema não são os botões, mas o uso infantil deles; ou o ego
inflado de alguns que não aceitam uma negativa.
Tirar os botões seria, por exemplo, como acabar com os comentários
porque uns e outros insistem na grosseria, na falta de educação.
Penso assim.

Criado em: 24/8/2014 13:42
_________________
[::]
| |
( O )
( ___ )
GELComposições
Transferir o post para outras aplicações Transferir







Links patrocinados