https://www.poetris.com/



« 1 2 (3)


Re: Extinção do chat no luso por fomentar a discórdia e disseminar o ódio
Subscritor
Membro desde:
1/5/2012 1:18
De Belo Horizonte
Mensagens: 1111
Fake é falso
A pessoa tem um perfil onde mostra fotos e tal e usa o fake, para se auto comentar, senhora, ou insultar a rival.

Criado em: 11/11/2014 23:35
_________________
A Guerra de Órion e o Despertar Consciencial
Todos os cientistas que fizeram descobertas fora da caixinha como Teslas ao longo da história, foram taxados como loucos e de maneira "sutil", retirados do circuito.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Extinção do chat no luso por fomentar a discórdia e disseminar o ódio
sem nome
Supondo que está a falar de um fake, e não de um pseudónimo acho que tem muita razão. No entanto há que verificar as diferenças. Fake, como o termo indica, quer dizer perdido, e um perdido é mesmo um perdido a todos os níveis, normalmente criado (mal criado) para dar problemas, independentemente do nome do perfil ser ou não o do autor.

Já um pseudónimo existe para proteger o autor do mundo que o rodeia, por diversos motivos de ordem pessoal ou social, ou então, para dar voz a uma personagem diferente das demais que ele possa explorar e desenvolver artisticamente.
O fake "nome falso" é normalmente de um auto-qualquer-coisa
O pseudónimo (nome falso) é na grande maioria das vezes usado para segurança do próprio autor.

No meu caso, nem é fake nem é outra coisa qualquer porque nunca fiz questão de esconder quem é o autor do que vou publicando tirando publicando tirando… enfim, há estórias que começam mal e depois; é um problema. andava sempre a ser castigado por me chamar albertos ou alberto moreira ferreira ou… não houve mais ou

O que chateia é que as regras haviam de ser aplicadas a todos por igual, e não se compreende que alguém possa insultar durante anos a fio; ou melhor, a desafio: e não haver uma regra na prática que o impeça. Ainda por cima autoproclamando-se opinador sem diploma ou sequer vocação por falta de cultura para exercer tal cadeira, que pelos vistos não foi confeccionada pela direcção, dizem.
O que realmente se pretendia, seria justo e de direito, é que todos pudéssemos andar por aqui sem sermos agredidos constantemente na nossa dignidade só por pensarmos ou escrevermos o que o agressor não gosta ou não compreende, isso é que era bom.

Dito isto, devo dizer que não me importa o local onde as pessoas são felizes, céu ou inferno... desde que não chateiem as outras, por mim estava bem assim.

Qualquer dia em vez de levarmos para casa o que gostamos, por andar na rua só a mostrar que não gosto disto, não gosto disto, não gosto disto... e o que não gostamos com certeza é de levar para casa uma cabeça... eheh

Criado em: 12/11/2014 7:32
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Extinção do chat no luso por fomentar a discórdia e disseminar o ódio
sem nome
Esqueci de dizer que os chat´s servem como capoeiras onde as... e os galos ou galinhos; quero dizer: é esta onda que dura e vai durar (muito embora comece brevemente a sentir um decréscimo dos seus volumes de negócios) das redes anti-sociais, modas!

Há coisas que não se devem dizer. façam de conta que eu não disse isto.

Criado em: 12/11/2014 7:53
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Extinção do chat no luso por fomentar a discórdia e disseminar o ódio
Subscritor
Membro desde:
1/5/2012 1:18
De Belo Horizonte
Mensagens: 1111
Ia criar um tópico apenas para perguntar: Por que que depois de sucessivas intervenções desastrosas do AZKE neste sítio, o perfil dele permanece a azucrinar os usuários?
Todas as vezes ele sempre termina insultando-me e corre nos textos com seus sonetos latifundiários.

E já tem um seguidor, O Manuferdandes que já tem um tempo que só Renasce na tentativa de provocar-me. Pelo que sei a Helen avisou sobre os poemas endereçados, mas ele está pedindo mesmo para ser excluído.

o abatjour

Apenas para não me esquecer do Luso.
Porquê esquecer?


Trabalho, pátria e religião
"slogan" político com intenção

Saúde, amor e dinheiro
ditado do generoso interesseiro

Antes o "mantra" fosse
saúde, amor e trabalho
e a vida já seria um doce
mandavamos o resto p'ro atalho.

Um mundo sem donos, nem chocalho
e sem o orgulho ou a vaidade
que tem qualquer bandalho
que crê-se sócio da Verdade

Um mundo de respeito e liberdade
sem carências de caridade
nem caridosos em vanglória
que de mitologia basta na história

imprescindível é a humildade
dos mais engalanados
no mundo demasiado décor

Os abatjours reduzem a luz, a claridade,
Principalmente os decorados;
A claridade é menor.

Mas, não é pela falta de luz que me zango
que à meia-luz até gosto: De sexo e do tango
Mas o resto é melhor à luz do dia,
seja a maior hipocrisia ou aldrabice,
a pureza, a poesia ou a "jabardice"

Fonte: http://www.luso-poemas.net/modules/ne ... ryid=281928#ixzz3Iqd5vhfq

E ainda arruma seguidores


Publicado: 11/11/2014 18:33 Atualizado: 11/11/2014 18:33
Membro de honra
Usuário desde: 07/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 8268

Re: o abatjour
E assim que deve ser, sendo luz menor, pois muita ofusca os olhos e podemos nos perder pelo caminho e acabar visitando Caronte sem óbulo nenhum para a travessia. No mais que tudo vá pelo "atalho". Bacana demais. Abraços Manu!

Fonte: http://www.luso-poemas.net/modules/ne ... ryid=281928#ixzz3IqdTEKxs















Sem falar dos erros pela pressa de ecoar suas ofensas.

Licença Creative Commons
Proteção anti-cópia
Protegendo os seus poemas com Tynt

Homenagens :
SONETO AOS PAQUIDERMES
Tags: (e derivados)




"Se fôsseis tratar todas as pessoas de acordo com o merecimento de cada uma, quem escaparia da chibata? Tratai deles de acordo com vossa honra e dignidade. Quanto menor o seu merecimento,(...)"

(Hamlet) Ato II, Cena II
















à. associação pós-involutiva das mais variadas espécies
quais incultas pela incapacidade de geri-las em epiderme
suas lutas, suas escusas desculpas, coragens ruins, breves
e não passam de montes descabidos de uns paquidermes

encolhem suas trombas em cariz aproximado, d'alcunha vil
escolhem aos seus dedos pobres, à letra puta que os pariu
tais métodos dos que usam sempre a lembrarem-se do algoz
de seus púlpitos caídos, choupanas erguidas, sua pouca voz

em bando, se mutiplicam! às presas mórbidas por devorar
mil vezes imundos! pelas alças de mera hipocrisia em alarde
mil vezes em absurdo molde da literatura castrada e encharque

de mesmas insinuações ou ofertas em cuias carentes e crentes
seus poderes, argumentos acossados em merda que os descende
a descerem pelo mesmo ralo qual banham-se em ato de copular..






..e nascerem de novo.
(pelas beiradas,)

Fonte: http://www.luso-poemas.net/modules/ne ... ryid=282049#ixzz3IqZwLIu0

Criado em: 12/11/2014 9:01
_________________
A Guerra de Órion e o Despertar Consciencial
Todos os cientistas que fizeram descobertas fora da caixinha como Teslas ao longo da história, foram taxados como loucos e de maneira "sutil", retirados do circuito.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Extinção do chat no luso por fomentar a discórdia e disseminar o ódio
sem nome
Eu continuo afirmar que o perfil em questão é falso. Não sei se usa um nome falso, contudo podemos perceber pela linguagem que usa que a retira de livros com pelo menos mais de cem anos, subscrevendo pensamentos e ideias de há mais de cem anos. Caramba, em 2014 já ninguém utiliza aquele vocabulário dos quais tais e vinte a mais e… Por ventura escolheu o pior ídolo que podia e ídolos não levam ninguém a lado nenhum. Além disso não faz outra coisa que seja classificar a humanidade a seu bel-prazer e burrice, buscando uma raça “pura” ou ariana, assim como sucedeu com o maior ditador da história do mundo.
Além disso insulta os autores que antes disso são pessoas e como tal merecem todo o respeito independentemente da cor clube ou religião. E o mais grave é que se lhe respondermos ele desce ao pior lugar do mundo onde a única orientação é a desorientação utilizando todo e qualquer lugar-comum à mão, tipo sanitas e… eu até me recuso a repetir esses nomes de coisas nefastas à saúde intelectual que deveria ser sagrada e respeitada mesmo por quem a não tem.
Gostaria de ouvir o que muitos outros colegas teem para dizer sobre isto, sabendo que pode surgir muito cabelo porque há sempre quem diga que uma bomba atómica é o peluche mais querido do mundo e, que se há-de fazer senão respeitar a opinião de todos mesmo que… shuuuu
A pobreza não é não ter dinheiro ou morrer à fome, mas é sim uma cabeça… digamos, desarrumada ou oca. Não quero aqui entrar em situações mais complicadas por isso, desarrumada ou oca chegaria se não estivesse à vista a maldade cruel que transporta consigo e semeia anormalmente, por onde passa.




Criado em: 12/11/2014 9:27
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Extinção do chat no luso por fomentar a discórdia e disseminar o ódio
sem nome
¬¬



é próprio do ser humano, ao seu erro, querer e atacar o que não compreende. mesmo dignificando-o(por direção), ainda assim, tentará por regra de alça, esgueirar-se à vileza por simplesmente, não "saber" do que se passa..
eu poderia dizer que sou até mesmo, o mais próximo da 'divindade' literária que vocês conhecem e têm, mas. seria este, um absurdo! eu posso estar além.. e pra tal pensamento, advindo da opinião de quem vos escreve, é absolutamente descartável. dada a invalidez de um ato chamado: egoísmo. mas,

e a vocês, pobres mancebos(dos quais me adianto cá), como vêem-me, verdadeiramente?

o sinal de respeito, de oferecimento próprio, de sempre querer chamar a minha atenção é evidente em cada ataque repetitivo e caído de si.. me digam, 'castores', o que vocês sentem quando lêem aquilo que escrevo? é algo assim tão sobrenatural a ponto de deixa-los em cena esta, de parasita? quer dizer que.. se acaso eu não lhes der atenção, não querer ser vosso 'amigo', mesmo que vocês me amem com a alma suspendida, ainda assim, vão latir em bocados destes pífios precedentes? serão os cães a ladrarem quando a caravana(esta!) passar?

e por acaso, reles-mamíferos, continuarão ler-me, e. após?

Criado em: 12/11/2014 16:01
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Extinção do chat no luso por fomentar a discórdia e disseminar o ódio
sem nome
ainda és mais burro do que eu pensava ou que alguém podia imaginar, mas, que se há-de fazer aos burros senão deixa-los zurrar

não sei se já reparaste que tens o disco riscado. conta-me outra eheh

Criado em: 13/11/2014 9:47
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Extinção do chat no luso por fomentar a discórdia e disseminar o ódio
Subscritor
Membro desde:
1/5/2012 1:18
De Belo Horizonte
Mensagens: 1111
Acho que desviamos completamente do foco, que eram as tramas armadas via chat e suas consequências.

Criado em: 13/11/2014 12:44
_________________
A Guerra de Órion e o Despertar Consciencial
Todos os cientistas que fizeram descobertas fora da caixinha como Teslas ao longo da história, foram taxados como loucos e de maneira "sutil", retirados do circuito.
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Extinção do chat no luso por fomentar a discórdia e disseminar o ódio
Subscritor
Membro desde:
1/5/2012 1:18
De Belo Horizonte
Mensagens: 1111
Apesar de ser Brasileiro achei um lugar bastante acolhedor a minha verve, Portugal paranormal, por enquanto, fui, mas volto.

Criado em: 13/11/2014 13:05
_________________
A Guerra de Órion e o Despertar Consciencial
Todos os cientistas que fizeram descobertas fora da caixinha como Teslas ao longo da história, foram taxados como loucos e de maneira "sutil", retirados do circuito.
Transferir o post para outras aplicações Transferir







Links patrocinados