https://www.poetris.com/



« 1 ... 12 13 14 (15) 16 17 18 ... 46 »


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Membro de honra
Membro desde:
8/8/2009 0:29
De Brasil
Mensagens: 15125
A Última Morada


Ceifada a raíz do último lírio
Balsâmico eflúvio o corpo expele
Deixando o desejo após o delírio
Em ósculo veludoso na pele.

Eu bebo o meu choro e, louco, sorrio.
Detrás da colina avisto a Cibele
Que faz prateada a água do rio
De lágrimas que uma lápide impele.

Repousa, querida. Velo-te, amada.
Está findo o sol da vida em teu templo.
O Tempo não mais escorre p'ra ti.

Assim lamento-te e te contemplo
(Vendo a tua tez pálida eu não cri)
Repousando na... última morada.





Criado em: 31/7/2017 20:30
_________________
Gyl Ferrys
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia" P/ Acalenta
Colaborador
Membro desde:
6/12/2015 13:43
Mensagens: 1260
Boa tarde, Acaleta. Parabenizo-a pelo belo poema. Até me deu vontade de sentar ao seu lado e apreciar essa linda paisagem. Seu poema tem uma grande harmonia . Parece até que estamos olhando uma fotografia. Agradecemos a sua maravilhosa contribuição. Abraços!

Criado em: 31/7/2017 21:15
_________________
A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.



Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia" P / Volena
Colaborador
Membro desde:
6/12/2015 13:43
Mensagens: 1260
Boa tarde, Volena! Fico feliz que tenhas vindo ao Sarau. Sua presença muito nos alegra. As lembranças dos tempos bons batem à porta do nosso coração, iluminando nossa alma . Voltamos a vivê-los com mais intensidade, não é mesmo? Porém, ao voltarmos para a realidade, todo encanto se transforma em saudade. Sempre gosto de seu textos, Volena. Gosto dessa forma natural que eu lírico se expressa no poema. Essa característica me lembra alguns poemas de Cora Coralina. Volte ao sarau mais vezes . Beijos no coração!

Criado em: 31/7/2017 21:50
_________________
A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.



Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Colaborador
Membro desde:
6/12/2015 13:43
Mensagens: 1260
Boa tarde, Janna . Que percepção, menina! gostei, viu?
Como já falei em outro comentário, um texto é uma teia de possibilidades. Cada um interpreta de acordo com seu entendimento, com a sua percepção. Às vezes, ao lermos um texto , só visualizamos a pontinha do iceberg. Para entendermos melhor , qualquer gênero textual, é necessário mais de uma leitura. Só temos que lhe agradecer, Janna , por mais uma participação no sarau. Abraços!

Criado em: 31/7/2017 22:06
_________________
A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.



Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia" - Um olhar
sem nome

Um olhar,
Um sentimento ,
E a poesia morre sem a culpa
de ter-me enriquecido o dia;
Do outro lado do papel,
Abre-se o céu escuro,
Alguém respira aliviado,
Porém, há um silêncio acanhado,
Da mente vazia...

Quando ouço teu nome marulhar
É lá que o mar se suicida,
E as ondas beijam os meus pés,
No espaço branco e imaculado
De um madrigal pautado,

Onde, com o espirito iluminado,
Os santos sorriem,
Diante do sobrenatural.
Na poesia tudo é milagre
Tudo, tudo mesmo,
Veste-se com o manto das frases...

Criado em: 1/8/2017 0:30
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia" P/ Gyl
Colaborador
Membro desde:
6/12/2015 13:43
Mensagens: 1260
Boa noite, Gyl. Quero parabenizá-lo pelo soneto. Uma linguagem rebuscada bem colocada no soneto. Versejou tão bem a morte , que fiquei com dó do eu poético. Os olhos do leitor ficam marejados de lágrimas , lendo uma poesia assim.
Sucesso nos estudos.. Sei que seu soneto primoroso é fruto de algumas horas de estudos. Parabéns!

Criado em: 1/8/2017 1:53
_________________
A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.



Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia" - Um olhar P/ Johnmaker
Colaborador
Membro desde:
6/12/2015 13:43
Mensagens: 1260
Estou feliz que tenhas acertado o caminho, John. Gostei demais do poema. E um verso guardarei para sempre: " Na poesia tudo é milagre". Concordo plenamente contigo.
Espero vê-lo no sarau mais vezes.
Abraços!

Criado em: 1/8/2017 2:19
_________________
A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.



Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"/ PARA GYL
Colaborador
Membro desde:
29/8/2009 14:28
De Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
Uma poesia talvez seja um des-velar, o instante supremo entre o descorporificar ou corporificar a que chamamos vida e morte. Talvez Cibele a Deusa da morte e da fertilidade, pudesse explicar melhor o que desfaz-se no ar , e depois se refaz noutro ponto, sem fenecer. O que é o que se contempla e se sente depois da última morada!

Lindo demais Gyl... Uma poesia que clarifica um sentimento de morte.

Beijos doces!

Criado em: 1/8/2017 2:25
_________________
Por não saber do brilho das estrelas,
alumio veredas dentro de mim


Open in new window
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia" - Um olhar/ PARA JOHN MAKER
Colaborador
Membro desde:
29/8/2009 14:28
De Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
Que bom que veio abrilhantar ainda mais o Sarau, com sua poesia , querido John!
E esse evento, continua cumprindo com a finalidade que idealizamos !
Que bom!

Um poema onde não há delimitações entre uma suposta realidade e outra “fictícia”. Nota-se nela o caminho do meio, o sobrenatural que reúne as diversas e incontáveis realidades na fulgurância e inesgotabilidade do real.
E a poesia no meio disso tudo como milagre das formas.

Parabéns John Maker, gostei demais.
Bjos




OBS:
Quer visualizar todos os poemas , inclusive comentários?
Clica no cantinho acima, a direita , no nº 1...e vai descendo a página, e vá clicando no 2,3,4, ........... e assim sucessivamente até o último número...
No Fórum, as postagens são por páginas numeradas, por isso as não aparecem pra nós, como na "vitrine".
Espero ter ajudado!

Criado em: 1/8/2017 2:37
_________________
Por não saber do brilho das estrelas,
alumio veredas dentro de mim


Open in new window
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Colaborador
Membro desde:
29/8/2009 14:28
De Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
Amigos que estão encontrando dificuldade para ler os poemas e comentários:

Clica no cantinho acima, a direita , no nº 1...e vai descendo a página, e vá clicando no 2,3,4, ........... e assim sucessivamente até o último número...
No Forum, as postagens são por páginas numeradas , por isso as não aparecem pra nós, como na "vitrine".

Espero ter ajudado!

Criado em: 1/8/2017 2:44
_________________
Por não saber do brilho das estrelas,
alumio veredas dentro de mim


Open in new window
Transferir o post para outras aplicações Transferir



« 1 ... 12 13 14 (15) 16 17 18 ... 46 »




Links patrocinados