https://www.poetris.com/



« 1 ... 34 35 36 (37) 38 39 40 ... 46 »


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Colaborador
Membro desde:
23/6/2011 2:06
De Taubaté SP
Mensagens: 9304
Boa noite Poetamilnovo, teus versos enredam as vicissitudes da vida humana permeadas de cenas afetuosas que dão o devido fervor a esta nossa passagem pela materialidade, parabéns pelo vosso envolvente poema, e sapiente participação neste aconchegante sarau, um abraço, Mj.

Criado em: 7/8/2017 22:18
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"p/todos
Colaborador
Membro desde:
3/9/2012 3:38
Mensagens: 16187
O sarau está acabando e já estou com saudade! Agradeço novamente
pelo convite de Lúcia e Lucineide. Li e reli todas as poesias, divaguei bastante! Poetas e poetisas, parabéns e me perdoem pelas viagens! Nossos encontros foram agradáveis, pois vir aqui e lê-los para mim foi incrível! Desculpe se não consegui comentar todos. Que venham mais eventos como esse!
Abraço apertado em todos!

Criado em: 7/8/2017 22:23
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Colaborador
Membro desde:
23/6/2011 2:06
De Taubaté SP
Mensagens: 9304
Boa noite Hórus, teu poema "Semente Maria Lucia", faz uma calorosa homenagem a esta poetisa de infindo encanto que nos recepciona tão bem neste universo da poesia, meus parabéns para ambos, um abraço a vocês, MJ.

Criado em: 7/8/2017 22:36
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Colaborador
Membro desde:
3/9/2012 3:38
Mensagens: 16187
Deixo minha terceira contribuição!

Botão de Partida


Conheci um menino de tom pastel,
sem aparatos no juízo,
sonhava em morar no céu.
Seu fim parecia próximo,
quando sentado na areia da praia,
desembainhou uma pequena adaga de prata,
Vendo enfim o reflexo de uma moça,
Corada como um botão de rosa,
Que delicadamente lhe sussurrou no ouvido:
Fica comigo!

Janna

Criado em: 7/8/2017 22:45
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"p/Azke
Colaborador
Membro desde:
3/9/2012 3:38
Mensagens: 16187
Azke
Adorei suas poesias. Penso que sempre haverá soldados de brinquedo, marionetes do ladrão eleito e para cada um deles, um manifestante. Um manifestante à sua altura. Desculpe se divaguei ao olhar seu segundo poema! Só sei que gostei imensamente!
Grande Poeta e amante de boa música! O que seria de um sarau sem música? Vou seguir seu exemplo!
Beijos!
Janna

Criado em: 7/8/2017 23:14
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Colaborador
Membro desde:
3/9/2012 3:38
Mensagens: 16187

Criado em: 7/8/2017 23:18
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
sem nome
Os dedos do Destino

Por entre ramos dourados
Perpetua-se a saudade do tempo
Mudam-se destinos
Como figuras dispersas nos dedos do vento

Sopra a agonia latente
E adormece o Sol nas brumas da noite
Mas o dia desponta
Colhendo a majestosa Lua
Os ramos doirados tomam a cor da esperança
Erguendo-se na temperança da vida.

(Este poema foi feito com base no poema
"Na meia-voz das palavras"da poetisa Maria da Luz Bi eL )

By Beijo azul

Criado em: 7/8/2017 23:20
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Da casa!
Membro desde:
4/9/2016 2:25
De ponte nova mg
Mensagens: 475
Pensamentos

Estiquei a linha
Do meu pensamento,
Como poeta peregrino,
Estou perdido no tempo.

[Resgate de lembranças, feliz ainda tenho.]

Da distância ,
A dor me alimenta...
Na força da suplência ,
No suplício me detenho.

[A força como a
Linha.]

A linha de um momento
conduz se meus
Pensamentos,
pensamentos
que devotam,
De longe meus
Sentimentos.

Sentimentos interligados,
A poesia de meu amor;
Inspiro-me nesta vida;
as vezes feliz,
as vezes sofrida.

Mesmo assim eu
me declaro!
por aqui ainda não paro,
A dizer te que muito
Te amo!
Minha poesia querida.

(Jerenino)

Criado em: 8/8/2017 1:05
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Da casa!
Membro desde:
4/9/2016 2:25
De ponte nova mg
Mensagens: 475
Pensamentos

Estiquei a linha
Do meu pensamento,
Como poeta peregrino,
Estou perdido no tempo.

[Resgate de lembranças, feliz ainda tenho.]

Da distância ,
A dor me alimenta...
Na força da suplência ,
No suplício me detenho.

[A força como a
Linha.]

A linha de um momento
conduz se meus
Pensamentos,
pensamentos
que devotam,
De longe meus
Sentimentos.

Sentimentos interligados,
A poesia de meu amor;
Inspiro-me nesta vida;
as vezes feliz,
as vezes sofrida.

Mesmo assim eu
me declaro!
por aqui ainda não paro,
A dizer te que muito
Te amo!
Minha poesia querida.

(Jerenino)

Criado em: 8/8/2017 1:15
Transferir o post para outras aplicações Transferir


Re: Sarau "O Grito da Poesia"
Colaborador
Membro desde:
6/11/2007 15:11
Mensagens: 1596
O favor


Amiúde o grito quer o poema,
quer-lhe
a força,
a ideia,
o sangue!

O poema,
coitado,
acredito,
que, ao grito, dê isso, e muito mais...



Último contributo. Foi um prazer improvisar para um tema. Feito de encomenda também é gostoso.
Da minha triologia tentei manter ligações, como no do-brado em que o poema pede o grito, agora é o grito que o quer. E claro o silêncio, cujo momento de início de qualquer poema, tem no grito o seu deslumbramento e a sua dor, paixão dos opostos que se atraiem.

Obrigado pela ideia.
O cheiramázedo, não lhe liguem. Ele sofre de cacosmia...

Criado em: 8/8/2017 5:17
_________________
A minha pátria é a língua portuguesa.
Bernardo Soares

Saibam que agradeço todos os comentários, de coração...
Por regra não respondo.

Transferir o post para outras aplicações Transferir



« 1 ... 34 35 36 (37) 38 39 40 ... 46 »




Links patrocinados