https://www.poetris.com/
 
Textos -> Surrealistas : 

A (puta da) filo-sofia

 
ERA UMA VEZ, um grego fodido cheio de rancor, tinha duas filhas feias pra caralho, umas máquinas de fazer medo. Uma chamava-se Filo, e a outra Sofia. Um dia, apareceu por Atenas um belo romano, e mal as pobres donzelas avistaram o varão, elegantíssimo, ficaram logo com a líbido na ponta dos dedos. Os beiços das raparigas ficaram logo dependurados pelo gladiador romano.

Este homem de negócios, tinha ido a Atenas comprar rações de comida para as feras, tinha uma criação de leões, mesmo junto á casa de férias de Nero. Bem, o homem até que era de poucas palavras, mas as ninfas, sentiam-se em idade casadoira e logo se meteram pelos olhos dentro. Treta traz, treta leva, e as pérolas atenienses logo aproveitam para se meterem pela arma dentro do romano, por sinal uma espada que lhe dava pelo joelho. Quem queria ver o galã de sorriso de orelha a orelha era passar pela baixa de Atenas e lá andava ele de Filo de um lado e Sofia do outro.

Uma pouca vergonha, o músculos, alcunha logo dada pelo povinho que não era burro, não se cansava de dar Kisses badalhocos, linguado da última geração. Não se falava de outra coisa nos cafés da capital. O pai das feiosas, que não era de modas, mandou chamar o romano a meio da noite, as filhas, ambas reclamavam a espada do domador de leões, e não havia ninguém que as conseguisse separar, continuavam amarradas hà horas pelo cabelos.

O pobre homem, estremunhado, e com pressa, veio de saia e sandálias, nem teve tempo para vestir a calça de ganga, pelo alarido do mensageiro pensou que alguma delas estivesse com alguns calores húmidos e viscosos. Era verão, e era normal algumas moças sentirem algum aumento da temperatura dentro de si, coisa que o romano não soubesse tratar, afinal, era domador de leões. Ao chegar, o pai das raparigas disse-lhe que não queria vergonhas no bairro, e tinha que se decidir qual das duas queria levar para junto dos leões.

O romano, que era um bocado fanhoso, e nervoso, disse-lhe: nãoooooo querrrriiaaa nem ffioloooosofia, já tinhaaaa muita bichaaaaarada para dar de commmmer. O pai, fodido, respondeu-lhe: não queres filo-sofias estás fodido. Tinha um escravo preto com uma lança maior que a espada dele, e que de castigo o escravo iria fazer-lhe o mesmo que ele tinha feito às suas filhas.

O romano que já era gago, e depois de ver a lança do Black, ainda mais gago ficou, consta até que nunca mais falou, desatou a correr desalmadamente e só parou na cidade mais próxima, ficava aproximadamente a quarenta e dois km. Esta povoação dava pelo nome de Maratona, e foi assim que nasceu a corrida da maratona. Ainda hoje, muitos gajos para poderem correr nesta prova tem que arranjar umas garinas com pais fodidos, é assim que treinam. O nosso Carlos Lopes ganhou assim a maratona nos jogos olímpicos. Meteu-se com a criada de um general que comandava um pelotão de fuzileiros.

Nem imaginam o que o pobre coitado correu! Moral da história: nunca mais ninguém quis saber da filo-sofia, e com razão, se o romano não quis, íamos querer nós! O nosso ministério da educação tem cada ideia, anda a vender gato por lebre, depois diz que é importante um gajo saber coisas da filo-sofia. Eu não quero é saber coisa nenhuma dessas gajas. Deviam ser frescas!!
 
Autor
joaosurreal
 
Texto
Data
Leituras
1387
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
10
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 27/06/2010 22:14  Atualizado: 27/06/2010 22:14
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7254
 Re: A (puta da) filo-sofia para joão surreal
já houve um certo sócrates que as amava,mas este de agora que nos governa,não me parece.deve achá-las feias e "frescas",como tu.e isso do ministério é tudo treta.diz que acha importante,mas na verdade está-se a cagar.apenas uma hypo crisis,para não dizer grande.eheh

beijo,joão






Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/06/2010 22:24  Atualizado: 27/06/2010 22:24
 Re: A (puta da) filo-sofia
Bom texto. gostei como tenho gostado de várias coisas suas que já li.


Enviado por Tópico
ÔNIX
Publicado: 28/06/2010 11:50  Atualizado: 28/06/2010 11:52
Colaborador
Usuário desde: 08/09/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2681
 Re: A (puta da) filo-sofia


Pensando em refazer a imagem que me trouxe até esta data, sem essas "merdas" que nos fazem pensar, transferindo-as para uma nova forma de pensamento abstracto, vivendo e permancendo aquém e além de uma boa dose de originalidade e criatividade.

Gosto da forma e do conteúdo que nos trazes, nessa imagem simples e descontraída, sem idade, ou com todas as idades em uma só...intemporal


beijo


Dolores Marques