https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

ENCHIMENTO DE SACO

 
ENCHIMENTO DE SACO
 
ENCHIMENTO DE SACO

Quando estou com raiva não me comunico
Procuro me esconder, sozinho eu fico
Calmamente, somente penso nisso
Procuro-me destra ir, procuro resguardar-me
Saio, olho, frente para frente
Vou em frente não tenho o voltar

Alêm do beijo procuro sempre um abraçar
Tenho desejo aquilo eu desejar
Problema todo mundo têm
Discutir isso aqui agora não convém
Quando alguém encher o teu saco
Não ouvir, faz de conta
Que esta dentro de um buraco

A calma sempre ter, procurando se conter
Enchimento de saco, é alguém de maneira
Querendo te irritar, para disso se aproveitar
Por isso temos que se cuidar

Tenho em mim aquele impulso
De procurar ás coisas resolver
Resolvo não procuro saber
Mas resultado quero obter

Enchimento de saco faz parte do nosso estar
O problema tem que existir para se conviver
É tanto enchimento de saco, temos que nos conter
Os problema eu passo, no compasso
Ás vezes temos que nos seder
Dos problemas faço o meu plandecer
Essas delicias temos que viver


MARTINS
JCARLOS RIBEIRO
DEZEMBRO DE 2010







 
Autor
martisns
Autor
 
Texto
Data
Leituras
912
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
rodas
Publicado: 25/01/2017 21:43  Atualizado: 25/01/2017 21:43
Da casa!
Usuário desde: 16/01/2017
Localidade:
Mensagens: 367
 Re: ENCHIMENTO DE SACO
O verdadeiro guerreiro alcança sua força disciplinando suas emoções.