https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Vento

 
Gosto do vento, porque ele não tem forma,
porque ele pode ir e vir de qualquer lugar, sem que ninguém possa vê-lo, e ainda sim ter a certeza de que ele está lá.
Aprecio o sentimento de liberdade que somente o vento me dá, a sua capacidade de constantemente mudar.
Admiro que ninguém possa tê-lo, e que a todos ele possa tocar.
Vento que transforma, que traz e que leva , que me faz voar .
Me arrebata num vendaval, ou me acaricia numa suave brisa.
Seja sopro ou ventania...
Vento que me hipnotiza... Que me faz sonhar.
Na sua lógica natural e intangível, prova que nem tudo o que é real, é necessariamente visível.
Gosto do vento porque ele me faz crer...
No impossível.
Que existe muito mais do que meus olhos podem ver.
Gosto do vento , porque ele me lembra você.

 
Autor
ALINE.LIMA
 
Texto
Data
Leituras
1040
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
6
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/04/2012 01:51  Atualizado: 03/04/2012 01:51
 Re: Vento
Adorei, Aline!
Também gosto do vento e já disse em vários poemas o que vc disse aqui (rs).
E é bem assim, mesmo! O vento também me lembra uma certa pessoa...
Gostei de ter encontrado alguém sensível e que gosta do vento!
Beijinhos!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/04/2012 02:51  Atualizado: 03/04/2012 02:51
 Re: Vento
Aline, certa noite um homem, que sentia-se preso em tantas coisas, procurou a Jesus.
Ele não queria que as pessoas, que o admiravam, lhe vissem à procura de alguem tão simples e o fez disfarçadamente no escuro. Uma das coisas que o Homem Pleno, lhe disse naquela noite foi esta: "O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai" !!! (João Cap.3 Ver.8) Parabéns por seu poema.


Enviado por Tópico
murilocs
Publicado: 03/04/2012 12:39  Atualizado: 03/04/2012 12:39
Super Participativo
Usuário desde: 30/03/2012
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 198
 Re: Vento
Aline,

" Na sua lógica natural e intangível, prova que nem tudo o que é real, é necessariamente visível.
Gosto do vento porque ele me faz crer...
No impossível.
Que existe muito mais do que meus olhos podem ver.
Gosto do vento , porque ele me lembra você. "

Lindíssimo Poema, parabéns.

É verdade, existem coisas além do alcance da visão.
Nossa visão vibra até uma certa frequência, e além dela existe um infinito de coisas que não conseguimos enxergar. Da mesma forma a audição.

Belo Poema

Beijos