https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

... e foge...

 
Ofereceram-lhe o silêncio absoluto
sobe
e vai andando
dentro de um olhar
que não vê
disforme

encosta-se à firmeza alinhavada
de uma solidão
despida

veste-se de si
e corre
corre
mergulhada em relógios quebrados
e ponteiros dormentes

o céu muda de cor
e foge
foge
com o medo nas mãos

e os pés cobertos por buracos
em caminhos nus.



maria

 
Autor
outonal_idade(s)
 
Texto
Data
Leituras
839
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
4
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/03/2013 08:57  Atualizado: 09/03/2013 08:57
 Re: ... e foge...
Esses "corre corre" e "foge foge" são como sobressaltos num riacho, dão ritmo ao poema, uma maravilha, mas raramente venho aqui sem me encantar. E ainda não sei quem está por detrás desse avatar!...rs. parabéns.


Enviado por Tópico
Propoesia
Publicado: 09/03/2013 13:44  Atualizado: 09/03/2013 13:44
Luso de Ouro
Usuário desde: 14/11/2012
Localidade:
Mensagens: 346
 Re: ... e foge...
...e porque o nosso curso se toca tanto, tu, riacho, eu, margem em sede...
...e porque o que te leio me toca tanto, tu, maria - eu, mulher e terra...

te reconheço a luz, o medo, o céu e os silêncios.

Beijo, Maria.