https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Urgência

 

Esta manhã é uma claridade cinzenta. Talvez por isso
sejam cinzentas
ou mesmo invisíveis
as sílabas que sobram
da ausência da voz.

Nos olhos
um insondável cenário de argila
a urgência de um afago do tempo
com o sabor transparente das palavras.

Tudo quanto resta
são ecos exaustos das águas estáticas
de um mar desarticulado
onde reúnes a travessia do mundo
nessa densidade dispersa no centro de ti.

Mas p’ra lá das margens do corpo
existe ainda algum sol
entre o pousio das marés.

Na libertação do silêncio
quando as memórias tocarem as coisas simples
em que tu e eu éramos apenas nós os dois.


maria

 
Autor
outonal_idade(s)
 
Texto
Data
Leituras
610
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
8
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
GELComposicoes
Publicado: 08/06/2013 15:46  Atualizado: 08/06/2013 15:46
Luso de Ouro
Usuário desde: 04/02/2013
Localidade: Uberlândia - MG - Brasil
Mensagens: 2374
 Re: Urgência
Poema maravilhoso!
Gostei demais.
Abração.


Enviado por Tópico
pAuLoGaLvAo
Publicado: 08/06/2013 19:25  Atualizado: 08/06/2013 19:25
Colaborador
Usuário desde: 12/12/2011
Localidade: Lagos
Mensagens: 613
 Re: Urgência
Texto muito belo. Evocação de dias claros e um sentir comum. Parabéns.


Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 08/06/2013 20:48  Atualizado: 08/06/2013 20:48
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Urgência
Memórias de dias felizes, com a saudade a rondar e a nostalgia
que o tempo cinzento ajuda a absorver profundamente, revivendo-as.

Gostei muito Maria
beijo
da
natalia


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 09/06/2013 17:17  Atualizado: 09/06/2013 17:17
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11165
 Re: Urgência
Maria,
A luz para lá da película insondável da solidão.
Bj
Nanda