https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Cegueira Temporal

 
Eu hei de conhecer-te um dia
Saber o que olhos como estes querem dizer
Tocar teus lábios de mel
Tomar como meu coração
Sentir teu veneno nas veias
Buscar tua mão.

Teu beijo é uma ilusão
É como alucinar deitada no chão
Teu beijo é um tango nas estrelas
O gosto doce da pele na labareda
Teu beijo é tudo
É meu nada na silenciosa melodia
Uma vi(d)a sem saída
Teu beijo é um sonho
O despertar após o pesadelo

Há quem diz que fostes eu
Há mais de mil caminhos antes de partir
Há quem diga que hoje nada sou
Há um pranto antes de seguir

Teu beijo é doce, é mel
Venenoso
Teu beijo é quente, é fogo
Orgulhoso
Teu beijo sou eu, sou nada
Silencioso.

 
Autor
Blancherock_love
 
Texto
Data
Leituras
699
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
0
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.