https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sociais : 

Preconceito

 
Então diz-me lá amigo,
Onde te leva tanto preconceito?
Aqueles que discriminas,
São seres humanos como tu
E a viver têm direito!
A caminho da escola,
Não dás uma esmola
A um pobre sem abrigo?
Ele não tem nada, perdeu tudo!
Poderia acontecer contigo...
Porque viras a cara à tua amiga
Que vês passar na rua?
Só porque é mãe solteira,
Não terá o direito
De ter uma vida igual à tua?
Pára de uma vez por todas de gozar
Com a rapariga gorda que vês passar!
Serás tão insensível,
Que não lhe consegues ver
A tristeza estampada no olhar?
E aquele rapaz a quem "deste" má fama
Só porque se veste de modo diferente?
Julgaste sem conhecer...
Será que pelo menos algum dia
Tentaste com ele conviver?
Porque carregas dentro da tua alma
Tanto ódio recalcado e revolta?
Carregas desde o berço um triste destino?
Será que tu também aguentarias
Apenas por um só dia vestir-lhes a pele?
Talvez assim reflectisses,
Sabendo como é duro,
Apenas por um só dia
Ser rejeitado, tal como eles...


Fui à floresta porque queria viver profundamente,sugar o tutano da vida e aniquilar tudo que não fosse vida.E não,ao morrer,descobrir que não vivi. (Dead Poet Society)

 
Autor
Paula Correia
 
Texto
Data
Leituras
20999
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
3
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 05/01/2008 23:23  Atualizado: 05/01/2008 23:23
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Preconceito
Se em vez dos preconceitos outra atitude fosse tomada o mundo seria bem melhor. Tens razão, Paula.

Bjs

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 06/01/2008 01:16  Atualizado: 06/01/2008 01:17
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4527
 Re: Preconceito
Gostei Paula.
Quantos preconceitos existem por esse mundo fora? aliais não é preciso ir tão longe, mesmo ao nosso lado.

Como o mundo seria diferente se eles desaparecessem..

Beijinhos POETISA

Enviado por Tópico
jessé barbosa de oli
Publicado: 26/08/2008 16:13  Atualizado: 26/08/2008 16:13
Da casa!
Usuário desde: 03/12/2007
Localidade: SALVADOR, Bahia
Mensagens: 334
 Re: Preconceito
um estandarte poético e mordaz
contra esta odienta cultura de discriminação
é o romance ensaio sobre a cegueira, de saramago.
em certa medida, seu poema dialoga com esta obra.
continue sempre engajada nesta luta. abraço.
http://poesiatropega.spaces.live.com/