https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

MAJESTOSA E VELHA

 
Tags:  pensamentos soltos  
 
MAJESTOSA E VELHA
 
MAJESTOSA E VELHA

Casa majestosa e velha
Melodia em silêncio
Provocadas pelo vento
Folhas de todas as cores
Espalhadas pelo chão
Despertam qualquer lamento
Naquela casa velha
Escura e mal acabada
Outrora fora uma casa charmosa
Agora não tem cor
Paredes gastas, descascadas
Apagadas pelo tempo
Distante, sozinha, vazia
Já sem dono ou talvez tenha
Sombra de quem
Foi bela e amada, agora é escura
Triste nesta noite
Chuvosa, sem meio
Sem fim, destruída sem ilusões.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
Open in new window


╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
701
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
3
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 05/01/2014 18:35  Atualizado: 05/01/2014 18:35
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6796
 Re: Casa majestosa e velha ...
O tempo passou macas ficaram ali naquele lugar. Hoje o silêncio se enaltece


Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 08/06/2018 19:42  Atualizado: 08/06/2018 20:11
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade: Portugal
Mensagens: 620
 Re: MAJESTOSA E VELHA
Uma senhorial casa velha, onde outrora tinha dinâmica cheia de alegrias, de ralhos, de gentes, enfim preenchida com vida.
Agora a casa velha está na penumbra, sem jeito nem encanto, tudo isto pelas indefinições e indecisões dos que cá ficaram, na tristeza do que partiram, das naturais renovações das gerações.
Felizmente muitas destas casas senhoriais foram recuperadas e renovadas, servindo para diversos fins da cultura e negócios na história das sociedades.