https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

"ESCOMBROS"🦋

 
"ESCOMBROS"🦋
 
Escombros que tirei dos ombros
Onde dificultavam-me o caminho
De fragas, pedras, soltas, caídas
Espalhadas pelos trilhos da vida

Palavras duras, frias, sentidas
Sentidas na pele, dor como uma chaga
Olhar transparente emoções gravadas
Marcadas, perdidas, esquecidas

Infinito céu na ausência do véu
Coberto das memórias do sonho
Encantamento sentido, tempo nu

Murmura o vento com palavras
Desfeitas de dor da quimera
Silêncio traz uma lágrima encantada
Dia iluminado sem almas em tormento.

Open in new window





╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

Você pode copiar, distribuir, exibir, executar
desde que seja dado crédito ao autor original.



🦋
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
995
Favoritos
6
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
71 pontos
9
7
6
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 05/01/2014 18:41  Atualizado: 05/01/2014 18:41
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6807
 Re: Escombros que tirei dos ombros
Palavras dura, sentidas até mesmo pelo silêncio. Um poema sentido. Momento por mim vivido


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/01/2014 16:04  Atualizado: 08/01/2014 16:04
 Re: Escombros que tirei dos ombros
Bonito e forte.


Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 21/09/2018 13:46  Atualizado: 21/09/2018 13:46
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1765
 Re: "ESCOMBROS"🦋
E muito bom tirar um peso dos ombros,e renascer em novo dia.
Parabéns amiga Isabel.
Bjs


Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 21/09/2018 18:41  Atualizado: 21/09/2018 18:44
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1190
 Re: "ESCOMBROS"🦋
Poema duro, onde manifesta que passando pelos escombros
Passamos a dar outro valor e a ter outro sentido na vida
Cimentando assim o nosso carácter e personalidade.
Saibamos estar, agradecer e pedir a Deus os dias iluminados. 🦋



Enviado por Tópico
AntonioCosta
Publicado: 13/06/2020 12:53  Atualizado: 13/06/2020 12:53
Super Participativo
Usuário desde: 02/05/2020
Localidade:
Mensagens: 127
 Re: "ESCOMBROS"🦋
O SONO DE PERCIVAL

O justo é injusto, o injusto justo é.
Débil julguei ouvir tua voz a desoras.
Um lamento lento, por certo a voz
do vento. Secarei, talvez como o feno,
não dormindo, nem noites, nem dias.

Soluço abafado, sussurro apenas
perceptível após a brancura
obliterante do relâmpago,
quando cessa o fragor que o excede
e a chuva cai e tudo se cala,

terei ouvido tua voz. Secarei,
talvez, como o feno. O justo
é injusto, o injusto justo é.
Procurei no horto e no deserto,
sob o cavo ruído das torrentes

subterrâneas, na imemorial
pedra circular com que o humano
terror balizou os horizontes
do tempo. No espectro da rosa
dos ventos, no vento espectral

da rosa. Seria a voz do vento,
pintura da minha imaginação
doente, a vigília do sono,
a febre dos sentidos,
não dormindo noites e dias

para ouvir tua voz. O justo
é injusto, o injusto justo é
para ouvir tua voz.
Secarei como o feno.
Para ouvir tua voz.

Rui Knopfli, in "O Corpo de Atena"