https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

No coração do silêncio

 




Partilhamos solidões. Saímos
pela neblina das manhãs
na memória dos rumos
que nos transportam ao coração do silêncio.

Entrelaçamos cidades

sentados na orla das imagens
que atravessam as raízes do ventre da casa.

Como se dobássemos o fio do tempo

para alimento das palavras
que enchem os olhos de verdade

quando sopros de saudade se encontram
face a face

por dentro.

Cercamo-nos da luz desprevenida
dos poentes

com os olhos a rasgarem
a convulsão dos longes

em que as horas vão gotejando.


maria


 
Autor
outonal_idade(s)
 
Texto
Data
Leituras
1140
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
4
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 08/01/2014 14:29  Atualizado: 08/01/2014 14:29
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4525
 Re: No coração do silêncio
Sempre excelente os teus poemas, tristes e saudosos como a vida

Que o ano de 2014 te dê muitas coisas boas poetisa.

Beijinhos

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 09/01/2014 02:59  Atualizado: 09/01/2014 02:59
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: No coração do silêncio
em que as horas vão gotejando
retalham por dentro
misturando carne e sangue
perto e longe
como chuva ao redor do poema...
obrigada (sempre)

Enviado por Tópico
GinaCortes
Publicado: 31/12/2018 00:43  Atualizado: 31/12/2018 00:43
Muito Participativo
Usuário desde: 10/08/2017
Localidade:
Mensagens: 64
 Re: No coração do silêncio
Mais um que a solidão deu entalhe para que se revele a face da poesia.

Feliz ano novo.