https://www.poetris.com/
 
Mensagens -> Desilusão : 

Corre o rio de tristezas devagar cor de sangue 🌹

 
Corre o rio de tristezas devagar cor de sangue 🌹
 
Corre o rio de tristezas devagar cor de sangue
Sangue, sangue de dor arma enferrujada
Veias de veneno lapidado sugado no escuro
Corpo estendido esquecido e sentido
Sangue derramado de um soldado
Com o coração partido perdido, magoado
Guerra estúpida, sem tempo, sem hora
Humanidade despida sem destino nas areias
Escaldantes do deserto desentendidos, ignorantes
Corre o rio de dor, de sangue de odor, podre, fede
Carne apodrecida deixada à sua sorte
Veias lapidadas de cores de uma guerra estúpida
Sem honra, sem respeito, sem compaixão
Feridas feitas no peito de sangue que deixam cicatrizes
Na fogueira das vaidades resplandecentes sentimentos
Lapidados de sangue nas veias de um corpo escondido
Onde as trevas cobiçam aquilo que não podem ter
Águas que correm com a força da natureza nas fragas
Da nossa lucidez na dor sentida tantas vezes em nós
Corre o rio de tristezas, devagar nas pedras cor de sangue
Desta humanidade que se esquece de conquistar a bondade .


╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

Você pode copiar, distribuir, exibir, executar
desde que seja dado crédito ao autor original.


Quando eu morrer serei pó
numa qualquer roseira
entre as saudades de alguém.
🌼🍂🌻🍁
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
1481
Favoritos
14
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
169 pontos
25
16
14
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 28/09/2018 23:36  Atualizado: 05/04/2020 18:38
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1292
 Re: CORRE O RIO DE SANGUE 🍂🌼

Poema que demonstra o descontentamento nas variadas
vertentes das sociedades e no percurso ao longo dos anos
Onde derramou-se sangue nos corações partidos
e aniquilados de diversos soldados nas guerras de sangue
Onde as águas do rio correm com o odor
e a cor do sangue.


Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 05/04/2020 19:14  Atualizado: 22/10/2020 20:48
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1292
 Re: CORRE O RIO DE SANGUE 🍂🌼


A desilusão é a visita da verdade.

Chico Xavier



Enviado por Tópico
AntonioCosta
Publicado: 13/01/2021 09:25  Atualizado: 13/01/2021 09:25
Super Participativo
Usuário desde: 02/05/2020
Localidade:
Mensagens: 175
 Re: CORRE O RIO DE SANGUE 🍂🌼
Vive-se Quando se Vive a Substância Intacta

Vive-se quando se vive a substância intacta
em estar a ser sua ardente harmonia
que se expande em clara atmosfera
leve e sem delírio ou talvez delirando
no vértice da frescura onde a imagem treme
um pouco na visão intensa e fluida
E tudo o que se vê é a ondeação
da transparência até aos confins do planeta
E há um momento em que o pensamento repousa
numa sílaba de ouro É a hora leve
do verão a sua correnteza
azul Há um paladar nas veias
e uma lisura de estar nas espáduas do dia
Que respiração tão alta da brisa fluvial!
Afluem energias de uma violência suave
Minúcias musicais sobre um fundo de brancura
A certeza de estar na fluidez animal

António Ramos Rosa, in "Poemas Inéditos"


Enviado por Tópico
SoledadViñas
Publicado: 13/01/2021 10:01  Atualizado: 13/01/2021 10:01
Participativo
Usuário desde: 14/12/2020
Localidade:
Mensagens: 46
 Re: CORRE O RIO DE SANGUE 🍂🌼
Si solo nos preocupamos por nuestro propio bienestar, nunca podremos contribuir en la mejora del mundo. Debemos aprender a ser más altruistas para que un futuro mejor para todos pueda ser posible.


Enviado por Tópico
BrunoTiago
Publicado: 13/01/2021 18:15  Atualizado: 13/01/2021 18:15
Participativo
Usuário desde: 19/11/2020
Localidade:
Mensagens: 45
 Re: CORRE O RIO DE SANGUE 🍂🌼
Magnífico poema. Abraços poéticos!


Enviado por Tópico
CarolinaFonseca
Publicado: 13/01/2021 20:59  Atualizado: 13/01/2021 20:59
Da casa!
Usuário desde: 15/08/2018
Localidade:
Mensagens: 233
 Re: CORRE O RIO DE SANGUE 🍂🌼


Beijos Mami

Open in new window


Enviado por Tópico
marylouise
Publicado: 13/01/2021 22:01  Atualizado: 13/01/2021 22:01
Muito Participativo
Usuário desde: 26/05/2020
Localidade:
Mensagens: 83
 Re: CORRE O RIO DE SANGUE 🍂🌼
Este texto fez-me lembrar a guerra colonial!

Carpe diem


Enviado por Tópico
AntonioCosta
Publicado: 14/01/2021 09:26  Atualizado: 14/01/2021 09:26
Super Participativo
Usuário desde: 02/05/2020
Localidade:
Mensagens: 175
 Re: CORRE O RIO DE SANGUE 🍂🌼
Rufando Apressado

Rufando apressado,
E bamboleado,
Boné posto ao lado,
Garboso, o tambor
Avança em redor
Do campo de amor...
Com força, soldado!
A passo dobrado!
Bem bamboleado!
Amores te bafejem.
Que as moças te beijem.
Que os moços te invejem.
Mas ai, ó soldado!
Ó triste alienado!
Por mais exaltado
Que o toque reclame,
Ninguém que te chame...
Ninguém que te ame...

Camilo Pessanha, in 'Clepsidra'


Enviado por Tópico
MicaelaFerreira
Publicado: 14/01/2021 11:46  Atualizado: 14/01/2021 11:46
Muito Participativo
Usuário desde: 22/10/2020
Localidade:
Mensagens: 82
 Re: CORRE O RIO DE SANGUE 🍂🌼
Todas as guerras são estúpidas!
Que rica inspiração. Saudações poéticas!

Carpe diem


Enviado por Tópico
CarolinaFonseca
Publicado: 14/01/2021 13:09  Atualizado: 14/01/2021 13:09
Da casa!
Usuário desde: 15/08/2018
Localidade:
Mensagens: 233
 Re: CORRE O RIO DE SANGUE 🍂🌼



Olá Mami beijos

Open in new window


Enviado por Tópico
AntonioCosta
Publicado: 15/01/2021 08:35  Atualizado: 15/01/2021 08:35
Super Participativo
Usuário desde: 02/05/2020
Localidade:
Mensagens: 175
 Re: CORRE O RIO DE SANGUE 🍂🌼
Poema da Terra Adubada

Por detrás das árvores não se escondem faunos, não.
Por detrás das árvores escondem-se os soldados
com granadas de mão.

As árvores são belas com os troncos dourados.
São boas e largas para esconder soldados.

Não é o vento que rumoreja nas folhas,
não é o vento, não.
São os corpos dos soldados rastejando no chão.

O brilho súbito não é do limbo das folhas verdes reluzentes.
É das lâminas das facas que os soldados apertam entre os dentes.

As rubras flores vermelhas não são papoilas, não.
É o sangue dos soldados que está vertido no chão.

Não são vespas, nem besoiros, nem pássaros a assobiar.
São os silvos das balas cortando a espessura do ar.

Depois os lavradores
rasgarão a terra com a lâmina aguda dos arados,
e a terra dará vinho e pão e flores
adubada com os corpos dos soldados.

António Gedeão, in 'Linhas de Força'


Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 15/01/2021 19:54  Atualizado: 15/01/2021 20:02
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 3015
 Re: Corre o rio de tristezas devagar cor de sangue 🌹
A guerra é coisa mis antinatural! É um crime horrendo!

Meus parabén pelo poema estimada poetisa!

Grande abraço!


https://www.escritas.org/pt/t/5274/lam ... cial-por-seu-cavalo-morto

Enviado por Tópico
Odairjsilva
Publicado: 16/01/2021 14:02  Atualizado: 16/01/2021 14:02
Membro de honra
Usuário desde: 18/06/2010
Localidade: Cáceres, MT
Mensagens: 3170
 Re: Corre o rio de tristezas devagar cor de sangue 🌹
Uau! Que maravilha de construção poética. Sentida cada palavra! Amei a profundidade do lamento e da dor. Abraços poéticos!!!

Enviado por Tópico
CarolinaFonseca
Publicado: 17/01/2021 11:41  Atualizado: 17/01/2021 11:41
Da casa!
Usuário desde: 15/08/2018
Localidade:
Mensagens: 233
 Re: Corre o rio de tristezas devagar cor de sangue 🌹


Olá mamazita

Open in new window