https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

NÃO CULPEM DEUS ♥

 
NÃO CULPEM DEUS ♥
 
Não culpem Deus, pelos vossos pecados
Mentes doentias que frequentemente
Cometem a maioria de todos males
Contra os quais pregam doutrinamente
Limpo os meus olhos das lágrimas que correm
As lágrimas que não me deixam dormir
O silêncio eterno clama por justiça, por perdão

A verdade não está à venda
Nem a vontade de esquecer ou perdoar
Quem se esconde atrás de velhos contos
E continua a lavar as suas mãos de inocência
Com sangue, sangue inocente
Não merece o perdão, mas sim o castigo divino

Percorro lentamente o leito do rio
Os meus olhos admiram as águas puras e cristalinas
Que descem cantarolando doces melodias
Sigo o meu bom senso não podes esconder-te

Apenas uma alma doentia desta fortaleza
Onde a virgindade foi roubada em tão tenra idade
Onde o exterminador perde sua imunidade
Não é homem é um mórbido assassino cruel
Abuso mórbido de poder no jardim do Éden
Onde a maçã ganha uma face jovial
Sorrisos amargos, acordados no inferno de dor
Movimentos ágeis de um predador, duro, implacável

Não tentem convencer Deus dos pecados cometidos
Por nós mesmos é muito fácil condenar
Sem olhar-se no espelho
Onde atrás dos bastidores está a dura realidade
Estampada nos olhos, nos lábios, no coração
Cheios de dor e mágoa em vez de estarem cheio de amor
Nas grutas fundas, açudes, lagos e rios

Ficam acordadas olhando as nuvens
As noivas onde
Onde a virgindade foi roubada em tão tenra idade
Onde o exterminador perde sua imunidade
Exuberância beleza de um véu de folhagens
Mortas, secas, não culpem Deus pelos vossos pecados.








╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

Você pode copiar, distribuir, exibir, executar
desde que seja dado crédito ao autor original.




Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
919
Favoritos
6
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
68 pontos
2
9
6
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 08/06/2020 22:10  Atualizado: 08/06/2020 22:24
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1187
 Re: NÃO CULPEM DEUS
Um poema sério, delicado e até revoltante de como o homem em determinadas situações porta-se pior que um animal selvagem nos seus atos e devaneios.
E a culpa será de Deus por tudo isto?
Com atos destes isto é que é ser homem?
Quem é o homem?
Quem é o animal?
Não culpem Deus, mas que dê um rumo a um mundo mais humano, com amor e respeito pelos direitos humanos.


Open in new window