https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

DOR E SAUDADE

 
DOR E SAUDADE
 
I
25 de Abril...perdoem a minha ingenuidade
Descolonização dos países de língua portuguesa
Devia ter sido feita em paz....dar a escolher
A todos aqueles que nasceram lá.....devíamos ter
Tido escolha...escolha....onde devíamos ficar
Mas atiraram-nos aos tubarões.
II
Nasci em 66....sinto-me uma estranha
Nesta terra onde nasceram os meus pais
Não sei donde sou...muitas vezes sinto-me
Sem terra ...sem pátria....quem sou afinal ?
25 de Abril tirou-me mais, do que me deu.
III
Os homens vivem todos juntos
Mas quando chega a morte
Morremos sozinhos e a morte
É uma suprema solidão, sobem ilegíveis.
Muralha fria onde habitamos....palavras de morte
Frágeis.....palavras que guardam
Gemidos imensos de suprema solidão
IV
Cordas de violinos ...do sangue do mundo
Triste.....triste das mortes ...triste da vida
Morte do homem que não tem coragem
De morrer......Morrer pelos outros
Pior que a morte.....é a dor de quem fica
De quem perdeu tudo.....perdeu.....e ficou sem nada
É a saudade de quem era....que deixo tudo
E não sabe a quem
Nem as lágrimas...acalmam a alma
Nem a tristeza de quem chora.
V
O pior da morte.....é o desapontamento
Desencantamento...de quem não tem lar
Terra ...Pátria....Pátria que ficou em cinzas
Sente que não pode continuar, sem força, sem nada
Muitos que vivem merecem a morte
Senhores da guerra...malditos......assassinos
Corruptos, gananciosos, são feitos em heróis da pátria.
VI
De um país a arder....de uma pátria em cinzas
Cheia de cadáveres....sangue....sangue dos inocentes
Gente perdeu a vida que merecia viver
Desta guerra estúpida....estúpida ...maldita
Este é o meu pensamento...a minha dor
De um fatídico ano de 1975
Saudade dos cheiros, dos aromas, do capim seco
Ai Angola ....Luanda serás sempre Portuguesa
No meu coração.....na minha alma.

Open in new window


╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

Você pode copiar, distribuir, exibir, executar
desde que seja dado crédito ao autor original.


Nós somos
A nossa própria liberdade
E donos do nosso destino

🌹

Isabel Morais Ribeiro Fonseca.
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
793
Favoritos
5
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
61 pontos
5
8
5
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 24/04/2020 11:48  Atualizado: 24/04/2020 11:48
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3132
 Re: DOR E SAUDADE

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 24/04/2020 11:49  Atualizado: 24/04/2020 11:49
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3132
 Re: DOR E SAUDADE

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 24/04/2020 11:50  Atualizado: 24/04/2020 11:50
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3132
 Re: DOR E SAUDADE

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 24/04/2020 11:54  Atualizado: 24/04/2020 11:54
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3132
 Re: DOR E SAUDADE

Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 24/04/2020 16:30  Atualizado: 24/04/2020 16:30
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 986
 Re: DOR E SAUDADE
Tristes lembranças.
Vou-me conter nas palavras que escrevo, pois se me alongar muito fazem-me recordar tristemente a forma estúpida e desumana como a descolonização foi feita nas ex colónias portuguesas, no meu caso Moçambique(Lourenço Marques) e no teu Angola(Luanda), onde morreram muitos portugueses que ali ao longo dos anos deram o progresso e o desenvolvimento àqueles países, derramou-se ingloriamente muito sangue dos nossos soldados e muito morreram na defesa da pátria amada, onde se deu cabo da vida de muitas famílias incluindo crianças, que vieram de mãos a abanar e sem perspetivas nenhumas para a chamada naquela altura a metróple (Portugal) e aqui chegados fomos discriminados como se fossemos bichos ou tivéssemos doença alguma.
E muito mais havia para escrever desta triste história que manchou a vida a muitos portugueses.
Porque a forma como a descolonização das ex colónias foi feita pelos políticos de então, é que tramou a vida aos que foram empurrados à força para fugirem à morte que pairava logo ali à frente....Enfim!!
😥