https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

morro todos os dias sem ti

 
eu ouço o inverno,
eu ouço o outono,
falhei para com a minha dor
na sua maneira primaveril
entreguei a minha vida assim
e eu já nao sinto dor,
eu ouço o verão
eu tambem me sinto assim
ouvi dizer que desapareceu
mas eu ouço-me desesperado,
e eu já nao sinto dor
e eu sinto a sua dor ainda
eu ouço o verão
eu tambem me sinto assim
ela era a minha amante
tão meiga
foi o meu anjo
na minha confusão
mentindo
ao meu coração
entreguei a minha vida assim
e o que tivemos de melhor
saiu de uma caixa imaginária
debaixo da minha cama
eu tambem me sinto assim
quando me deito na cama
e minto para mim mesmo
deito-me na cama
e minto a mim proprio,
nao minto e nao sou surdo
quando eu ouço
o verão
eu tambem me sinto assim
eu ainda ouço o teu verão
eu ainda me sinto assim,
eu quero me sentir assim
eu quero por um fim
eu quero
deixar de mentir
falar
olhar
e sentir
mas sobretudo escutar o choro
morro todos os dias sem mim
que desgosto
nem me consigo matar
porque
sou
tao
confuso
raios

passou
tenho
que
desistir
eu
sei
mas
irra
o
tempo
passa e nao me descubro


J M A

 
Autor
josemariafonso
 
Texto
Data
Leituras
406
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.