https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

MEU LINDO PORTUGAL 🍁

 
MEU LINDO PORTUGAL 🍁
 
Talvez sim, talvez não
Vou talvez envelhecer triste
Solitário(a) e abandonado(a)
Envelheço num pais cheio de sol
Rodeado pelo mar
Vou envelhecer precocemente
Sem dinheiro, para os remédios comprar
Envelheço como um livro rasgado
Velho/a esquecido/a e guardado
Vou envelhecer, num país acidentado
Onde tudo que é velho, deitado fora será
Vou envelhecer neste inferno, nesta estação
Seja ela outono, inverno, primavera ou verão
Vou envelhecer , antes da hora marcada
Sem destino, sem hora, seja dia ou noite
Vou envelhecer e só para não morrer à fome
Vou ter que ser ladrão, vigarista ou aldrabão
E meus amigos, talvez tenha de mudar de nome
Embora eu não tenha dinheiro para a luz
Água e gás pagar, emigrar talvez seja o remédio
Para pagar ao banco a casa que estou a morar
Envelheço num país muito mal governado
Por ladrões e abutres esfomeados
Envelhecemos e vivemos todos neste inferno
Neste lindo Portugal, envelhecemos com sol
Mar e boa comida, com os santos populares
Sejamos velhos ou novos, envelhecemos de certeza
- Neste pais acidentado e doente.


╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

Você pode copiar, distribuir, exibir, executar
desde que seja dado crédito ao autor original.


🌹🍁
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
1655
Favoritos
8
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
94 pontos
10
10
8
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 06/08/2015 11:35  Atualizado: 06/08/2015 11:35
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1185
 Re: MEU LINDO PORTUGAL
Envelheço num país
Muito mal governado.
Por ladrões e abutres esfomeados.
Envelhecemos e vivemos todos neste Inferno.



Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 06/08/2015 12:22  Atualizado: 06/08/2015 12:22
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: MEU LINDO PORTUGAL P/IsabeiRFonseca
Isabel mas afinal tem a maior riqueza do mundo, os seus oito filhos. Calculo que seja dificil nos dias de hoje manter tantas boquinhas sempre abertas, como os passarinhos, mas Deus vai sempre ajudando dando fé e esperança para ultrapassar os momentos mais díficeis. Porugal é lindo é nosso
lutemos por ele. Gostei de ler o poema explícito
mas tenha confiança no futuro. Beijinhos Vólena


Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 30/10/2017 11:22  Atualizado: 30/10/2017 11:22
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1758
 Re: MEU LINDO PORTUGAL
Tal qual em nosso pai's,(Brasil) imenso cheio de belezas e riquezas. Cheio de ladrões corruptos, milhares passando fome, e os governantes enchendo suas burras .Infelizmente!!!
Admirável texto.

Bjs Isabel


Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 09/01/2019 11:59  Atualizado: 09/01/2019 11:59
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1758
 Re: MEU LINDO PORTUGAL
Passando para um abraço. Tenhamos fé!
Bjs

Enviado por Tópico
AntonioCosta
Publicado: 10/06/2020 12:15  Atualizado: 10/06/2020 12:15
Super Participativo
Usuário desde: 02/05/2020
Localidade:
Mensagens: 123
 Re: MEU LINDO PORTUGAL
TROVA DO VENTO QUE PASSA
Para António Portugal

Pergunto ao vento que passa
notícias do meu país
e o vento cala a desgraça
o vento nada me diz.

Pergunto aos rios que levam
tanto sonho à flor das águas
e os rios não me sossegam
levam sonhos deixam mágoas.

Levam sonhos deixam mágoas
ai rios do meu país
minha pátria à flor das águas
para onde vais? Ninguém diz.

Se o verde trevo desfolhas
pede notícias e diz
ao trevo de quatro folhas
que morro por meu país.

Pergunto à gente que passa
por que vai de olhos no chão.
Silêncio - é tudo o que tem
quem vive na servidão.

Vi florir os verdes ramos
direitos e ao céu voltados.
E a quem gosta de ter amos
vi sempre os ombros curvados.

E o vento não me diz nada
ninguém diz nada de novo.
Vi minha pátria pregada
nos braços em cruz do povo.

Vi meu poema na margem
dos rios que vão pró mar
como quem ama a viagem
mas tem sempre de ficar.

Vi navios a partir
(Portugal à flor das águas)
vi minha trova florir
(verdes folhas verdes mágoas).

Há quem te queira ignorada
e fale pátria em teu nome.
Eu vi-te crucificada
nos braços negros da fome.

E o vento não me diz nada
só o silêncio persiste.
Vi minha pátria parada
à beira de um rio triste.

Ninguém diz nada de novo
se notícias vou pedindo
nas mãos vazias do povo
vi minha pátria florindo.

E a noite cresce por dentro
dos homens do meu país.
Peço notícias ao vento
e o vento nada me diz.

Mas há sempre uma candeia
dentro da própria desgraça
há sempre alguém que semeia
canções no vento que passa.

Mesmo na noite mais triste
em tempo de servidão
há sempre alguém que resiste
há sempre alguém que diz não.

Manuel Alegre, in 'Praça da Canção'

Enviado por Tópico
marylouise
Publicado: 20/10/2020 21:29  Atualizado: 20/10/2020 21:29
Participativo
Usuário desde: 26/05/2020
Localidade:
Mensagens: 29
 Re: MEU LINDO PORTUGAL 🍁
Maria realmente vivemos num pais
muito atribulado e a culpa não é do covid


Carpe diem