https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

MEDOS E DECEPÇÕES

 
MEDOS E DECEPÇÕES
 


Medos e decepções, letras mal escritas
Numa página marcada num cesto do lixo
Fantasma nocturno de palavras cuspidas
Cuspidas num papel de uma agenda em branco
Medos e decepções desfeitos em insanidade
Rascunhos deixados na alma pelos dedos
Espíritos fracos desejosos e vingativos
Feitiços sangrentos com a fúria dos mares
Mares tempestuosos sem vergonha ou consciência
Guerra desfeita de quem morre de quem vive
Noites amargas sem sono do inferno ciumento
Voo febril rastejante, pegajoso
Alma consumida sem valor, desesperada competência
Consumida, derretimento no gelo
Palavras cuspidas, sem vírgulas, sem ponto, sem dor
Analfabetos, excêntricos, sem instintos gramáticos
Sílabas tontas na lógica das palavras subversivas
Medos e decepções cuspidas num cesto do lixo de casa.



Open in new window


╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
618
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
4
4
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 07/05/2015 12:19  Atualizado: 07/05/2015 12:19
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: MEDOS E DECEPÇÕES
Momentos excentricos, onde as gramáticas da vida, vai por uma pagina que as palavras já não se ocupam das veracidades silabicas, onde os rascunohs se propagam.

lindo poema


Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 26/08/2018 23:33  Atualizado: 26/08/2018 23:33
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade: Portugal
Mensagens: 625
 Re: MEDOS E DECEPÇÕES
Viver sem medo da decepção, mas não iludir-nos ao ponto de nos magoarmos.
Afastar os espíritos fracos desejosos e vingativos.

Bom Poema.