https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Fantasia : 

Almas Gémeas

 
Tags:  solidão    sonho  
 
Almas Gémeas

Cinco horas e treze minutos...
Madrugada!
Olho, pela minha janela, o mar.
O mar majestoso e manso,
por vezes cruel e traiçoeiro.

Raios obscuros numa metamorfose
de luz se projectam no seu seio
fazendo parecer mais e mais
um mar vibrante de pirilampos
que líquido salgado em repouso.
Algo me ocorre no pensamento,
como tantas outras vezes,
(que) deixo vaguear o espírito:
- Se o mar tem alma?
Como nós...?
Se ela é igual à nossa?
Alma com a mesma paixão
e defeitos que nós humanos,
e se matéria também...

Mas porquê alma?
Porque não espírito,
uma força motriz qualquer
provocada por nervos em vibração!
Porquê alma?
Porque não coração?

Apodero-me do momento,
dos ego, id e super-ego em ebulição.
Toda a reacção de um cérebro ao rubro
me rebentam na pele fria, arrepiada,
nos dedos febris em movimento,
na boca sequiosa de um ai,
nos olhos cheios de maresia…

Cativo folhas de papel virgem
e rasgo-lhes os ventres
com lápis acerado de negro.
Ordeno as ideias (vã tentativa)
e, de raiva, transmito à mão
mensagens sem fim.

E escrevinho letras a eito,
Sem jeito nem decoro,
Sem tino, demente,
palavras que não atino.

Mas escrevo, ditador,
o que sinto e me aterroriza,
como um louco furioso,
por algo descabido...
- UMA ALMA GÉMEA!
Parecidas como duas gotas de água,
que se encontram, enamoradas,
e se reproduzem sôfregas!
Algo utópico, algo ilógico…
Abortado pelo destino,
ou uma força estranha
e de poder misterioso?

Mas para quê lamentar?
Tudo que resta é o sonho!

Almas gémeas!
Quem as viu ou as sentiu?
Se conhecerem algumas,
digam-me...

- Diz-me mar!
- Diz-me céu!
- Diz-me chuva!
- Diz-me vento!
Nada?
Nada!

Não haverá amor, entre vós,
um par sequer, dois seres
para formar uma alma gémea?
Nada?
Nada!

Só passar por esta vida
deixando apenas impressa
a nossa presença
numa reles fotografia que obtemos,
então: "matemo-nos"!

Oh! Seis horas e vinte e um minutos.
Vai despontar a madrugada,
num qualquer dia mais.
E eu???
Mudo a máscara do drama,
da circunstância e do preceito.
Vou voltar à realidade...

"Almas gémeas"?...






Poet@ sem Alm@
João Loureiro


Open in new window

Lisboa, 25/05/2015
 
Autor
Poeta.sem.Alma
 
Texto
Data
Leituras
1184
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
37 pontos
9
2
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 25/05/2015 21:23  Atualizado: 25/05/2015 21:23
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3962
 Re: Almas Gémeas
Que lindo!
Eu gosto de te ler!
Um beijinho!


*-*



Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 25/05/2015 22:11  Atualizado: 25/05/2015 22:12
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5282
 Re: Almas Gémeas
Gostei da intensidade. Gostei do vocabulário. Gostei da mensagem que o poema passou pra mim. Tanto que guardei. Parabéns, poeta sem alma, mas cheio de espírito. :)




Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/08/2015 09:44  Atualizado: 03/08/2015 09:44
 Re: Almas Gémeas
Muito bom!

Abraços, votos de uma ótima semana!


GERSON CLAYTON RODRIGUES DOS SANTOS. (s.d.).

http://poesiaesonetosdegcrs.blogspot.com.br/2015/08/pai.html