https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

SENHORA DA MINHA VIDA

 
SENHORA DA MINHA VIDA
 
Preciso dormir
Para não esquecer-me de quem sou
Dona do ar, da escuridão
Da claridade, da imensidão
Dona de mim mesma
Do maldito, do bendito
A minha cama é a estrada
Que me leva a ti
No caminho do infinito
Onde canta a voz de um luar
Alma de orvalho
Trago-te nos meus braços cansados
Flores sem os galhos
Deixei para trás os espinhos
Os espinhos, ficaram nos galhos
Das rosas vermelhas que me deste
A pior dor é a dor da alma
Esmigalha, ferida
Preciso dormir
Para não esquecer quem sou
Dona da minha alma orvalhada de mim mesma.

Open in new window


╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
549
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
2
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 22/08/2018 21:42  Atualizado: 22/08/2018 21:42
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade: Portugal
Mensagens: 624
 Re: SENHORA DA MINHA VIDA
Preciso dormir
Para não esquecer quem sou
Dona da minha alma orvalhada de mim mesma.

Poema que demonstra a autenticidade que temos de cuidar de nós mesmos em determinadas facetas da vida.