https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Angústia Noturna

 
Noite angustiante.
As idéias somem do pensamento...
As letras somem do teclado...

A fumaça do cigarro
esvai-se mais depressa

A nicotina mistura-se
com o aroma do conhaque

O meu protetor de tela diz:
Vai dormir, maluco! São 2:09h!

Tento ser obediente,
mas a insônia não deixa...

Vejo minha alma crucificada
na cruz das incertezas
enquanto a solidão transita
esguia pelo ambiente
e paira sobre a minha cabeça
arrebatando o que resta
dos meus pensamentos

Assim,
as horas vão passando
no tic-tac cadenciado do relógio
nesta angústia noturna...

© Magno R Almeida

 
Autor
MagnoRobertoAlmeida
 
Texto
Data
Leituras
875
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 11/06/2015 16:23  Atualizado: 11/06/2015 16:23
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6753
 Re: Angústia Noturna
As angustias de nossas vidas mais doem naquelen intantes que ficamos sozinhos. Madrugadan vazias onde os sentimentos ficam sem as essências dos sentidos que nos faz chorar de solidão.

um belo poema..sentimental