https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Indolência do Pensar

 
Trajetórias definidas, almas esquecidas,
vida que segue sem caminhar.
Realidade corrompida na indolência do pensar.
Esperança perdida, solidão do tempo que passa sem se notar.
Diante o espelho, deformidade refletida,
imagem do pesar.
Solidão ressentida, ausência imposta, calculada e medida,
quando o comodismo limita o sonhar.
Visão obscurecida, dormência do sentir,
acende-se a escuridão do olhar.
No silêncio a voz que se faz sempre ouvir ,
mesmo a quem não pode-se mais chamar.
Impeça o partir, desobedeça a ordem estabelecida.
Volte a si, livre, ouse amar.

 
Autor
ALINE.LIMA
 
Texto
Data
Leituras
289
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
6
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 10/08/2015 20:32  Atualizado: 11/08/2015 19:10
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6798
 Re: Indolência do Pensar
Temos que em nosso ser refletir a realidade, onde o amor se enaltece em um planto silêncio


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/08/2015 09:17  Atualizado: 11/08/2015 09:17
 Re: Indolência do Pensar
Muito, muito bom, abracei mesmo!


Abraço poético e uma bom dia!

GERSON CLAYTON RODRIGUES DOS SANTOS. (s.d.).

Blogger: http://poesiaesonetosdegcrs.blogspot.com.br/2015/08/pai.htmll


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 12/08/2015 13:33  Atualizado: 12/08/2015 13:33
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9327
 Re: Indolência do Pensar
Bom dia Aline, o amor nem sempre nos entrega o que prometeu, e por vezes nos trás graves consequências, parabéns pelo redundante poema, um abraço, MJ.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/08/2015 19:07  Atualizado: 18/08/2015 19:07
 Re: Indolência do Pensar
Gostei