https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

REMANSO 🌹

 
REMANSO 🌹
 


Tenho receio de não ser eu
Fecho os olhos no escuro
Mergulho nas geladas águas

Das palavras no limo da dor
Angústias soltas no meu corpo
Colho no remanso as palavras

Desordenadas das águas frias
Que me afoga no excesso delas
Intensidade acorrentada de pasmo

Dores na memória tantas vezes
Água canalizada, lembranças de mim.

╭✿ ♥╭✿


Open in new window


╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

🌹
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
635
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
51 pontos
5
7
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/05/2016 12:36  Atualizado: 29/05/2016 12:36
 Re: REMANSO
Eu também, Senhora Angolana.
Quando nasci, não sabia andar, morava numa casa de taipa, ai uma cobra, dessas que gostam de mamar no peito da mãe, invadiu e quando a vi, sai andando naturalmente com medo.
Mas.
O vosso texto, perfeito e ainda com um aplicativo no final.
Quem entender de poesia saberá do que falo.
Prezada, tenha um lindo dia de Domingo.
Ficar bem.
PG


Enviado por Tópico
martims
Publicado: 29/05/2016 15:53  Atualizado: 29/05/2016 15:53
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6796
 Re: REMANSO
Muitas vezes a essências da vida refletem em nós uma solidão intacta que exercem em nós aqueles momentos que os sentidos choram


Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 09/04/2019 16:03  Atualizado: 09/04/2019 16:03
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2662
 Re: REMANSO 🌹
Estimada Isabel, gosto muito dos seus versos!

Meus parabéns e um abraço!