https://www.poetris.com/
 
Contos -> Romance : 

A receita de amor 💕

 
A receita de amor  💕
 
Escrever alimenta-me a alma
Dá-me muito prazer
Escrevo numa receita de amor
Que delicio-me ao teu toque
Como a água fresca de coco
Que sacia a minha sede
Aconchegando-me nos teus abraços
Da fresca água do mar
Ávida pelo prazer dos teus beijos
Como a manga que escorre da
Minha boca de tão suculenta que está
Sinto as tuas mãos percorrendo o meu corpo
Perfumadas do caril de camarão
Que desperta em mim
Os meus mais íntimos desejos
Como eu gosto do teu sabor
Na minha boca, despertando em mim
O prazer das especiarias que tanto amo
Não quero parar no meio do caminho
Caminho percorrido na branca areia da praia
E assim delicio-me em ti
Na caldeirada de peixe servida na esplanada
Onde aconchego-me nos prazeres sentidos
Tu, sim tu és como uma deliciosa comida
Acompanhada por um bom vinho
Num verdadeiro desejo de amar-te, tão eloquente.

Open in new window


╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

Você pode copiar, distribuir, exibir, executar
desde que seja dado crédito ao autor original.


Só o teu olhar tem um sabor decifrável
🌺 ♫ ☕
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
1553
Favoritos
10
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
115 pontos
13
11
10
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
erro
Publicado: 18/06/2016 18:17  Atualizado: 18/06/2016 18:17
Colaborador
Usuário desde: 04/03/2016
Localidade:
Mensagens: 845
 Re: A RECEITA
Assim como o corpo tem seus apetites a alma também os tem e quando ambos estão em harmonia, realmente faz a vida ficar deliciosa.


Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 23/05/2018 11:57  Atualizado: 23/05/2018 11:57
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1953
 Re: A RECEITA
A receita de dois elementos que nos fazem viver. A alma e o corpo! Muito bonito estimada poetisa. Beijinhos.


Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 23/05/2018 21:57  Atualizado: 23/05/2018 21:59
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1371
 Re: A RECEITA
Que fantástica receita de amor, onde o palato abre o apetite do corpo e da alma, sendo assim uma combinação perfeita, na vida e no amor devendo ser vividos intensamente até à última gota.
Beijos fofos



Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 23/05/2018 22:07  Atualizado: 24/05/2018 07:36
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 3086
 Re: A RECEITA
Que poesia linda e deliciosa, estimada poetisa!

Gostei muito dessa Receita!

Meus parabéns e um abraço!


Adoro uma feijoada
Com farinha de mandioca,
E inda mais, da minha amada,
Os beijos da sua boca!!

Adoro sardinha assada,
vinho verde e pão gostoso,
E inda mais, da linda amada,
O seu fruto delicioso!!


Enviado por Tópico
BrunoTiago
Publicado: 09/12/2020 20:47  Atualizado: 09/12/2020 20:47
Super Participativo
Usuário desde: 19/11/2020
Localidade:
Mensagens: 113
 Re: A RECEITA 💕
Magnífico poema. Abraços poéticos!

Enviado por Tópico
marylouise
Publicado: 01/03/2021 22:19  Atualizado: 01/03/2021 22:19
Super Participativo
Usuário desde: 26/05/2020
Localidade:
Mensagens: 176
 Re: A receita de amor 💕
Belíssimo! Maravilhoso!
Eu adorei ler-te!

Carpe diem

Enviado por Tópico
AntonioCosta
Publicado: 02/03/2021 09:12  Atualizado: 02/03/2021 09:12
Da casa!
Usuário desde: 02/05/2020
Localidade:
Mensagens: 299
 Re: A receita de amor 💕
Dobrada à Moda do Porto

Um dia, num restaurante, fora do espaço e do tempo,
Serviram-me o amor como dobrada fria.
Disse delicadamente ao missionário da cozinha
Que a preferia quente,
Que a dobrada (e era à moda do Porto) nunca se come fria.

Impacientaram-se comigo.
Nunca se pode ter razão, nem num restaurante.
Não comi, não pedi outra coisa, paguei a conta,
E vim passear para toda a rua.

Quem sabe o que isto quer dizer?
Eu não sei, e foi comigo ...

(Sei muito bem que na infância de toda a gente houve um jardim,
Particular ou público, ou do vizinho.
Sei muito bem que brincarmos era o dono dele.
E que a tristeza é de hoje).

Sei isso muitas vezes,
Mas, se eu pedi amor, porque é que me trouxeram
Dobrada à moda do Porto fria?
Não é prato que se possa comer frio,
Mas trouxeram-mo frio.
Não me queixei, mas estava frio,
Nunca se pode comer frio, mas veio frio.

Álvaro de Campos, in "Poemas"

Enviado por Tópico
SoledadViñas
Publicado: 02/03/2021 09:33  Atualizado: 02/03/2021 09:33
Super Participativo
Usuário desde: 14/12/2020
Localidade:
Mensagens: 192
 Re: A receita de amor 💕
El amor es como la comida.