https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

pegadas

 
e aqui voltei
mergulhada numa luz de longe

entre mim
e o que de mim deixei

réstia transparente
de um tempo de estio

âmago da vida
entre o vento e o rio

silêncio e searas maduras
um quase sossego do verso

labirinto de cores
no ventre da terra

viagem metamórfica
à mais funda raiz do poema.


maria

 
Autor
outonal_idade(s)
 
Texto
Data
Leituras
279
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
32 pontos
0
4
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.