https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Poema de domingo à tarde

 
Nomeio os caminhos
debruçados num cais de abril
quando na pele havia
rumores de manhãs primeiras
ou da luz a melodia inteira que em mim guardava.
E eu chamava-te instante
sonho
rosto
e a tua voz era o tempo verdadeiro a ensinar-me
o sol de maio a descer as ruas.
E num fio de versos soltos
ou na memória de uma página lenta
nomeio os lugares do silêncio
onde
sobre as mãos
baixam palavras nuas.


maria

 
Autor
outonal_idade(s)
 
Texto
Data
Leituras
888
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
4
4
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 10/09/2018 17:11  Atualizado: 10/09/2018 17:11
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1270
 Re: Poema de domingo à tarde
Lindo... lindo!
Beijinho


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 10/09/2018 17:59  Atualizado: 10/09/2018 17:59
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15994
 Re: Poema de domingo à tarde
Parabéns, Maria, encantada!

Janna