https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

A casa

 
Aqui ainda não é a casa
dizes-me
e o silêncio a permanecer
depois dos teus olhos líquidos
sem mácula. Há uma brisa transparente
de promessa
nos teus lábios
vestidos de raízes
e de ecos
a tentar dissolver a névoa
breve
da paisagem. Há um mar a nascer
na tua pele
uma vastidão de azul
a desnudar o tempo verde
que dança no teu peito
sem pressa
como as borboletas.


maria

 
Autor
outonal_idade(s)
 
Texto
Data
Leituras
213
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 08/07/2016 17:55  Atualizado: 08/07/2016 17:55
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2376
 Re: A casa
Suave. Terno. Leve....E intense. Gostei muito.

*Mary Fioratti*