https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Os tempos e o verbo

 
Incontrolável
o desconforto das sílabas. Torturam-se
na ausência de lonjuras. Confundem-se
nos sinais desencontrados
dos tempos
e do verbo. Hesitam
entre urgências
de significados. Deslizam
entre teias de melancolia
e mãos a tropeçarem no musgo
do verso. Nem sei por que regressam
ao meu quieto
desassossego. A oscilarem
entre o grito
atado à memória
e aves
paradas no silêncio do gesto.


maria

 
Autor
outonal_idade(s)
 
Texto
Data
Leituras
259
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 10/07/2016 01:14  Atualizado: 10/07/2016 01:14
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2376
 Re: Os tempos e o verbo
Maria,
Gosto MUITO do modo que voce escreve.
Bonito, cheio de imagens e tantos sentimentos ali emaranhados.

Abracos!
*Mary Fioratti*


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/07/2016 15:40  Atualizado: 10/07/2016 15:40
 Re: Os tempos e o verbo
Cara, eu me amarro na poesia moderna e está está um show!