https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Entre umas e outros

 

Eternamente grito impossível
teia de vento tecida
de sílabas de pedra

eternamente sombra
memória à saída das horas
criança que parte em silêncio

luta vazia
solo de esquecimento
árvore de luz pendular
entre umas e outros.

Hoje

[ como ontem ]

o céu é uma penumbra líquida
e o tempo a descer em folhas vermelhas

[ como se fosse um poema de outono ]

talvez o entardecer por dentro de mim.


maria

 
Autor
outonal_idade(s)
 
Texto
Data
Leituras
227
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 12/07/2016 21:14  Atualizado: 12/07/2016 21:14
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12439
 Re: Entre umas e outros P/outonal_idade(s)
Hoje a melancolia do entardecer amanhã surgirá uma bela aurora, a luz embelezará a vida que continua...
Um bonito poema nostálgico! Beijinho Vólena