https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

SABOR A CAL 🌹

 
SABOR A CAL 🌹
 
Respiro o teu corpo
Nesta noite ao amanhecer
Do sabor a sal, a cal molhada
Já no meu silêncio oiço
O prenúncio dos teus passos
Elixir da vida na terra prometida
Onde guardo-te no meu leito
Sobre a brisa nua do rio
Rasga-me com ternura a alma
No sangue dos mares
Dos gemidos como se fosse
A tua cama, propriedade tua
Sabor louco no cair da noite
Nua de todos os gritos
Dados com a liberdade na memória
Paridos em enseadas de trigo
Pedra, fraga amarga da minha boca
Vem para mim amor, beija-me
Que o meu coração por ti arde
Respiro o teu corpo ao amanhecer
Brisa que o meu corpo colhe da noite
O sabor doce de ti só de ti meu amor.

Open in new window


╭✿ ♥
Não me considero poeta
Descobri escrevendo por acaso

Você pode copiar, distribuir, exibir, executar
desde que seja dado crédito ao autor original.


🍁🌹
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
886
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
43 pontos
5
3
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 18/07/2016 14:32  Atualizado: 18/07/2016 14:32
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3023
 Re: SABOR A CAL
O amor merece essas palavras escritas por ti.
Lindo Isabel!

Beijo

Branca


Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 04/09/2018 15:28  Atualizado: 04/09/2018 15:28
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1000
 Re: SABOR A CAL
O sabor doce de ti só de ti meu amor.
Respiro o teu corpo, com o sabor a sal dessa cal molhada.
Excelente o teu poema, um hino ao amor.
Quando o mesmo é recíproco e saudável é de louvar.