https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Des.con.figuração

 
A harmonia das coisas
dispersa no interior dos contornos. Fragmentada
pela mutabilidade

do olhar. O mesmo olhar
que segue o fio do pensamento
até ser o desalinhamento
dos pontos.

Um retângulo em branco.

A afastar-se

fugaz

até ser espaço
sem forma. Início
do abismo.

Partículas errantes
de silêncio.



maria

 
Autor
outonal_idade(s)
 
Texto
Data
Leituras
441
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
14
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alluconi
Publicado: 23/08/2016 23:35  Atualizado: 23/08/2016 23:35
Da casa!
Usuário desde: 23/08/2016
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 265
 Re: Des.con.figuração
Bela construção poética , com forma e conteúdo derramados em versos suaves , ricos e harmonicos .

Gostei muito !

Parabéns, Maria !

Bj

Alice


Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 24/08/2016 10:32  Atualizado: 24/08/2016 10:33
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1580
 Re: Des.con.figuração
O início. O abismo do silêncio, dos rectângulos brancos.
Acabamos num espaço sem forma após termos começado com contornos definidos e harmonia.
Neste intervalo há intenções, interpretações...
Des.con.figurações acrescentamos pontos, retiramos unimos palavras, tão mutáveis!

Claramente reflexivo.
Levando-me por um caminho que segui e levou-me ao comentário.

Irresistível

Bj


Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 24/08/2016 22:22  Atualizado: 24/08/2016 22:22
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Des.con.figuração
Um poema belo, não só pelo conteúdo, mas também pelo grafismo em que é apresentado.

Gostei muito!


Beijinhos


Enviado por Tópico
silva.d.c
Publicado: 25/08/2016 02:41  Atualizado: 25/08/2016 02:41
Da casa!
Usuário desde: 26/10/2010
Localidade:
Mensagens: 408
 Re: Des.con.figuração
é uma forma de olhar para o mundo...desconfigurá-lo...é a maneira correcta de entender a realidade, de perceber o meio que nos rodeia...desconstruindo as formas, vendo através delas a essência que as preenche...tudo é interior, tudo se materializa do silêncio...mais do que a forma que apresenta, somos o conteúdo dessa forma que, fisicamente, limita a aparência com que representamos o que temos para mostrar...mais do que isso, do que somos condicionados a apresentar...é o guião que nos mostra, mas é o silêncio que nos revela...e viver é aprender a silenciar o mundo...gosto de te ler...abraços


Enviado por Tópico
Margô_T
Publicado: 25/08/2016 09:15  Atualizado: 25/08/2016 09:17
Da casa!
Usuário desde: 27/06/2016
Localidade: Lisboa
Mensagens: 277
 Re: Des.con.figuração
A variabilidade do olhar fragmenta o “interior dos contornos”, dissipando-o… Deste modo, perde-se a “harmonia das coisas” quando as olhamos de um outro ângulo, com uma nova bagagem, com uma nova emoção.
Este olhar “segue o fio do pensamento” até se perder nele e já só ser puro “desalinhamento” perante uma realidade desfiada, segmentada… multifacetada.
Na mais profunda desfragmentação obteremos os pontos - a unidade das coisas, a mais ínfima abstracção (acima do vazio).
Perante tal profusão de pontos, os rectângulos desaparecem, deixamos de ter arestas e, no máximo, sobrarão os quatro vértices do rectângulo num espaço “em branco” que se afasta, e afasta, e afasta, e afasta… infindavelmente.
Deste modo “fugaz”, obtém-se um “espaço/sem forma”; um “início de abismo”.
Nele, seremos “partículas errantes/de silêncio” na expectativa de atingirmos um contorno, um fio, uma harmonia…
dentro desta arbitrariedade de pontos e silêncio que coexistem, asfixiantes, à nossa volta.

Bjs


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 29/08/2016 11:56  Atualizado: 29/08/2016 11:56
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12449
 Re: Des.con.figuração P/outonal_idade(s)
Parabéns, pela harmonia e sensibilidade, que apreciei
no poema bem configurado e sem precipitação...
Bonito, silencioso e boa vista. Beijinhos Vólena


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 22/04/2017 20:48  Atualizado: 22/04/2017 20:48
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9241
 Re: Des.con.figuração
Boa tarde Maria, teus versos nos evidenciam que nesta natureza nada detém uma determinada ordem desde que não seja invasiva do espaço que não lhe pertence, parabéns pelo vosso incisivo poema, um abraço, MJ.