https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Reentrância.

 
Tags:  Reentrância.  
 
contorno com os dedos
os lóbulos da orelha,
caminho as mãos
na maciez da pele,
tateio os mamilos...

seu corpo
é um sol ascendente,
em cada reentrância,
em cada curva,
uma luz contagiante...

azeito seus cabelos,
lambuzo sua testa,
aceito, enfim,
(na água do corpo),
o de-vagar em suas nuvens...


 
Autor
cavenatti
Autor
 
Texto
Data
Leituras
355
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
1
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 04/10/2016 12:13  Atualizado: 04/10/2016 12:13
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2988
 Re: Reentrância.
Sensualidade escrita com talento.

Amei o poema.

beijo.

Branca.