https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Leve, a emoção ...

 
Leve, a emoção ...
 

Leve, a emoção

Leve, a emoção não chegará ao peso em
Que tem peso, tendo coração e motivos de peso
Por não ter,embora não saiba se leve, se deixe
Eu mesmo de ter, esse mesmo peso pouco

E essa imensa graça que é a emoção e que fosse
De diferença tal, como o peso que pesa minh'alma,
Tão pesada quanto o chumbo e a cornada
Dum búfalo ferido de morte pela mesma bala.

Leve, a emoção, tão leve que esqueço de sentir
E é curto o tempo em que sou feito apenas dela,
Escrevo-a quando quero é esquecer que até
Da própria mente posso ganhar a noção de ter

Emoção ao-de-leve e ouvir-me pensar baixinho
Do que aquilo é, que peso tem sem agitar o ar,
Tão leve nos despe quanto o que penso e em tom
Que lava a mágoa da dor aguda que simulo

Ter, embora tenha outra que parece ser coberta
Por pele mais boca, extravagante ideia o infinito
Posto num lugar comum, onde ninguém o vê
Por isso lhe chamam de sonho, outros fé, eu não,

Não o farei, quero sentir o coração parar e talvez
Depois me cale, quando nada pese, leve a emoção,
O peso é sentir, não ver o que penso e temer
Não ser o que sinto no peito, nem na mão que

Escreve tão ao-de-leve quanto a mim me minto
Ou não, sinto ...




Joel Matos (03/2017)
http://joel-matos.blogspot.com


Joel Matos

 
Autor
Joel-Matos
 
Texto
Data
Leituras
430
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
6
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 06/03/2017 23:27  Atualizado: 06/03/2017 23:27
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Setúbal, Portugal, Azeitão
Mensagens: 347
 Re: Leve, a emoção
Open in new window

Enviado por Tópico
Chou
Publicado: 06/03/2017 23:31  Atualizado: 06/03/2017 23:31
Da casa!
Usuário desde: 01/02/2017
Localidade:
Mensagens: 462
 Re: Leve, a emoção
Da leveza que tanto. Pesa
Feito pluma d'alma que renega
À emoção ferida
De flores. Cosida
Como que ao de leve
Em teu olhar de neve
Prata rasa
Sangue de mim
Como poesia
Dessa me(tira)
Carmim.

Pensar dói
Sentir mata
Ser nada
Isola e apaga.

Emoções
De peso
Cuja leveza
Açoita, escraviza
E enterra
Toda beleza
Na realidade
Que o tempo
Mente pra ti
E pra mim.



Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 30/05/2017 13:58  Atualizado: 30/05/2017 13:58
Colaborador
Usuário desde: 05/02/2014
Localidade: Brasil São Paulo
Mensagens: 3480
 Re: Leve, a emoção ...
Tão leve como uma pluma. Gostei!
Beijinho