Poemas -> Sombrios : 

"devolução,"

 
Tags:  fixed!  
 






"(...)queima-me. à combustão em lisura dos olhos
dos corpos em fileiras nuas e aos sonhos.
e aos sonhos exilados de ti

próximo-consolo
próxima culpa


essa
indecisão

morada do meu alimento
o exemplo de fartura
e


à fome do teu pão.."














vez que te diz inferno ou hades! este exercer
prêmio deferido, já inaudito: controverso fim
tinta obscena que te queima e teima descer
pecado, campo de centeio: dois dias de mim

depura-te! à verve qual grito em residência
ilustra-te! meu livro-crente de preferências
ainda! eu libertei um pouco de ti, ontem
em cena-queda repente, tão nívea e insone

o emprego do corpo ou febre que se deixar
à minha sensação de asas próximas em ar
encontre à revelia que, de novo, não virá

desarme esta roupa, tua pele(e o que te há)
abre a porta! lima que que defende e grita:
é ainda sopro, sentido, intenção, letra, vida!







e venera.
ao que te tanto segue,
merece, e..
faz:






a retirar

exercer e despir todas estas linhas e, mais,
 
Autor
Azke
Autor
 
Texto
Data
Leituras
129
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
0
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.