https://www.poetris.com/
Poemas : 

AMANHÃ

 
Tags:  amor    poesia    poemas    luciano    Spagnol    sonetos    cerrado    araguarino    pauta  
 
pendulando a hora
vai-se
o dia embora
sem tir-te
penhora
e além de...

segundo a segundo
entardecer noto
tão rotundo
tão remoto
do hoje moribundo
pro amanhã ignoto

Luciano Spagnol
Poeta do cerrado
Março de 2017
Cerrado goiano


"Sou alma do cerrado, pé no chão, do Triângulo, do chapadão... Pão de queijo com café, fogão de lenha,das vilas ricas, arraiais, sou filho de Araguari, das Gerais".
Luciano Spagnol




 
Autor
LucianoSpagnol
 
Texto
Data
Leituras
190
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.