https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Cheio de nada ter

 
Cheio de nada ter
 



Cheio de nada ter
Verdadeiramente vejo
Tanto quanto a um cego
Seja distinto ao tacto o que
Parece um sussurro,

Sendo minh'alma
A murmurar suave
Suave que outras almas
Silenciam e negam tanto,
Ficando secas sem nada,

Assim com'à minha
Cheia de não ter nada,
De facto sussurro e
Mais parece ser brisa
Ou de verdade seja

Cheio eu de nada ter,
Nest'alma levezinha
Cheia do que sinto,
Tanto quanto um cego
Tem tacto e quanto sente

Assim sente esta cega
Alma e minha ...




Joel Matos (07/2017)
http://joel-matos.blogspot.com




Joel Matos , aliás namastibet

 
Autor
Joel-Matos
 
Texto
Data
Leituras
1063
Favoritos
7
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
95 pontos
21
9
7
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 06/07/2017 10:50  Atualizado: 06/07/2017 10:50
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2009
 Re: Cheio de nada ter
Open in new window

Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 06/07/2017 11:29  Atualizado: 08/07/2017 00:13
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: Cheio de nada ter P/ Joel-Matos
Vi uma alma empedernida
como pode estar levezinha!
Que a mentira é pesada
isso deve ser mania…
A minha fica sempre cheia
com tanta filosofia
que na minha alma leve
enche com a sua poesia!
Essa também não aceito
não é cego, não senhor
tem esse E.T cada olho
que vê por si, sem favor.

Abraço pelo belo poema, gostei muito e desculpe as minhas tontices Vólena



Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 06/07/2017 12:44  Atualizado: 06/07/2017 12:46
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2033
 cheio de todos os cansaços


Eu, tão cheio de todos os cansaços
Quanto o mundo pode-me causar

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/07/2017 14:35  Atualizado: 06/07/2017 14:36
 Re: Cheio de nada ter
******
Pois este poema tem tudo de bom gostei de ler, parabéns

Holmes


Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 07/07/2017 23:50  Atualizado: 07/07/2017 23:50
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2009
 Re: Cheio de nada ter
“o mundo que acreditamos que está neste momento atrás de nossas cabeças não está lá, não existe de verdade, até que viremos o pescoço para o ver,
a realidade não existe se você não está olhando ”.
Nossos pensamentos conjuntos parecem não apenas definir o mundo, como também o seu passado e futuro, como se a linha do tempo também fosse formada apenas por ondas maleáveis, que fluem segundo nossas determinações.
Ou seja, a “realidade” só existe quando a medimos, quando nossa consciência interfere no evento. Até lá, os átomos não “decidem” o que querem ser, e é provável não o façam por biliões de anos, até que alguém os “observe”, até que sejam “medidos”, até que a nossa “consciência actue sobre eles”.
O livre arbítrio parece ter poderes e dimensões jamais imaginadas.
Podemos mudar nossa realidade de HOJE a partir do que faremos em nosso futuro

futuro causa o passado, e não o contrário ...


Open in new window




Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 11/07/2017 00:34  Atualizado: 11/07/2017 00:34
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: Cheio de nada ter
A beleza de teus poema enobrece os mais belos momentos, aperfeiçoado por uma sabedoria.

O tempo passa o nosso ser vai se punhado, o tempo nos levando os nosso destino, poema que esta umaOpen in new window


Enviado por Tópico
RaipoetaLonato2010
Publicado: 13/07/2017 22:59  Atualizado: 13/07/2017 22:59
Colaborador
Usuário desde: 13/03/2010
Localidade: Paulínia-SP
Mensagens: 2674
 Re: Cheio de nada ter
'Cheio de nada ter'

Um poema considerado como biscoito fino.


Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 10/08/2017 10:18  Atualizado: 10/08/2017 10:18
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2734
 Re: Cheio de nada ter



Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 12/12/2017 16:18  Atualizado: 12/12/2017 16:18
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2009
 Sleepless hearth
Open in new window

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 10/01/2018 16:57  Atualizado: 10/01/2018 16:57
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2033
 Informo que vou embora daqui
Open in new window