https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Cedo serei, sou ...

 
Cedo serei, sou ...
 




Por vezes não sei

Por onde ando, se no campo da batalha
Onde quem não m'lembra sou
Ou aonde crês tu ser agente secreto
Do que passa e passou - sem se mover,

Crês tu poeta ser, convence-te
Que a lembrança é passar e ver,
Convém ser o que passou pra ser,
Pra que fique do que penso o que sou

E pra que me lembres poeta, ou
Vento sendo, sou poeta, improfícuo
Eu sou, és tu meu solo infértil ou não,
Comecei cedo sendo faúlha,

Agora sou vento, bravio como convém,
Cedo serei mais além que desta vida,
Às vezes sou nem lembro o quê ou quem,
Entender-me cansa, sonhar menos,

As vezes as faúlhas queimam,
o estandarte e sujo-o de terra e hulha
Mas o vento ao passar como
Um rio, lava-me a consciência

E volto a ser criança brincando
Aos soldadinhos de chumbo,
Até rebentar outra terrível
Guerra do fogo mal apagado,

As vezes as faúlhas queimam
o estandarte e sujo-o de cinza
Eterna nos azuis montes
Por onde ando e faz frio e aí

Passo a ser eu, de novo Ivan,
Por vezes nem sei ao que vou
Preso, se à graça eterna ou apenas
Ao peso de um pedaço de carvão

E terra infértil, o artificio de um mendigo
É o instinto, em mim tão pacato
Que nem o sinto mover ou se por mim
Passou cem vezes sem duvidar que me divido,

Entre quem sou e quem nem serei ...







Joel Matos (03/2018)
http://joel-matos.blogspot.com





Joel Matos , aliás namastibet

 
Autor
Joel-Matos
 
Texto
Data
Leituras
581
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
56 pontos
10
7
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 19/03/2018 00:57  Atualizado: 19/03/2018 00:58
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2015
 Re: Cedo serei, sou ...
Open in new window


José de Almada-Negreiros Self-Portrait Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser nada. À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.

Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 19/03/2018 09:50  Atualizado: 19/03/2018 09:50
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1772
 Re: Cedo serei, sou ...
Open in new window


Enviado por Tópico
boxer
Publicado: 19/03/2018 17:17  Atualizado: 19/03/2018 17:26
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2009
Localidade:
Mensagens: 748
 Re: Cedo serei, sou ... p/ Joel-Matos
.
"Entender-me cansa, sonhar menos"
Nem mais, meu caro :)

Adorei a pintura -- esse tal Lou Ros é um retratista muito talentoso.





Enviado por Tópico
Rafael007
Publicado: 05/04/2018 03:12  Atualizado: 05/04/2018 03:12
Super Participativo
Usuário desde: 22/09/2017
Localidade: São Paulo, Brasil
Mensagens: 114
 Re: Cedo serei, sou ...
Joel, você é muito bom, parabéns!!! Belíssimo poema, melancólico e reflexivo...

Abraço!!