https://www.poetris.com/
Crónicas : 

sobre a insatisfação

 
Tags:  Cronicar    cheiramázedo  
 
Sobre as armas e barões assinalados, e a dimensão subtil das almas...


Creio e não creio, e senão de que a serviria a crença...
Agitar os pântanos férteis, mas fétidos, remover as águas quando a náusea chega a um certo ilimite.
Mas andamos à vista escondidos, amiúde mirando do ar a brisa, amando vento invés.
Mas quando torpe pára, estagna, sem corrente que agrilhoe ao mínimo dos mínimos dentro do senso comum, até as mãos que olham apenas, buscam foles, agitam de palmeiras folhas. Que o perfume a enxofre pode ser coisa do diabo.
Haja luz.


A minha pátria é a língua portuguesa.
Bernardo Soares
www.poemassagem.blogspot.pt

Saibam que agradeço todos os comentários, de coração...
Por regra não respondo.



Dedicado a umavozatroz num comentário que fiz a um seu poema, ácido, crítico, mas muito bem feito...
 
Autor
Rogério Beça
 
Texto
Data
Leituras
88
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
0
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.