https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

sempre existiram poemas de amor

 
...........
...
............................
.
.
.
.................
...............................
......
.
**************
**
****************
***
**
...........
......

… quando
lábios se tocam como remos na água

cessam ânsias
antes redivivas. Afinal

sempre existiram poemas de amor

onde

as vozes por perto
indecifráveis

se calam

ruem

pelo buraco absurdo com que raios
ainda tenros
amiúde

se extinguem. Sei disso.

Olha as papoulas que rodopiam
enquanto o vento uiva

na tua boca alvoraçada. Onde começa a cegueira?



[se me perguntares qual o significado do que transporto dentro e que liberto aqui
neste momento
longe de mim
responderei que
o silêncio é a forma mais capaz de nos entendermos contra o caos que não controlamos mas que tentamos delimitar. O nosso.]





(Ricardo Pocinho – O Transversal)



"Floriram por engano as rosas bravas
No inverno:veio o vento desfolha las..."
(Camilo Pessanha)

http://ricardopocinho.blogspot.com/

 
Autor
Transversal
 
Texto
Data
Leituras
561
Favoritos
5
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
62 pontos
14
4
5
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 28/05/2017 12:46  Atualizado: 28/05/2017 12:50
 Re: sempre existiram poemas de amor
sempre existiram poemas de amor
num espaço delimitado pela alegria e pela dor.

na verdade, eu gostaria que essa onda que vem ao nosso encontro, sem quê nem porquê, ficasse apenas nos momentos prazerosos, mas, infelizmente, sempre vem a roda viva e joga a alegria pra longe...e, às vezes, ficamos com aquela impressão de ter sua solidez ao nosso alcance
e somos incapazes de alcançá-la.

sempre existiram poemas de amor e, quanto mais misteriosos e improváveis, mais bela é a embalagem
que se faz dos mesmos. penso que o amor hoje se desgasta rapidamente, que o amor é meio ermo e, a válvula motriz que a ele nos impulsiona, seja sempre a bela visão presa em nosso micromundo. difícil é achar a dose certa para que o tempo não o desgaste muito antes
do sonho terminar.

abraço do Rehgge.


Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 28/05/2017 14:33  Atualizado: 28/05/2017 14:33
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5282
 Re: sempre existiram poemas de amor
poemas de amor,
troca-se passos
ritmos
e rimas
e no final uma lágrima
tudo borra
e se recomeça
outra vez. ...

poema de amor
nunca termina.

arte pura
são seus poemas.

grata

bjo


Enviado por Tópico
Tonton
Publicado: 28/05/2017 15:17  Atualizado: 28/05/2017 15:17
Colaborador
Usuário desde: 13/09/2016
Localidade:
Mensagens: 612
 Re: sempre existiram poemas de amor
lindo


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 28/05/2017 19:42  Atualizado: 28/05/2017 19:44
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16203
 Re: sempre existiram poemas de amor
Transversal
Guardamos o amor nas profundezas do nosso ser, quando nos sentimos ameaçados, mas ele sempre dá um jeitinho de sair em ondas!
Seu poema é lindo, sou sua fã!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
RaipoetaLonato2010
Publicado: 29/05/2017 00:00  Atualizado: 29/05/2017 00:00
Colaborador
Usuário desde: 13/03/2010
Localidade: Paulínia-SP
Mensagens: 2674
 Re: sempre existiram poemas de amor
"sempre existiram poemas de amor"

Ontem, hoje e amanhã.
Poemas de amor...
Nos lábios, nos livros
e na alma.


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 31/05/2017 01:52  Atualizado: 31/05/2017 01:52
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9305
 Re: sempre existiram poemas de amor
Boa noite Ricardo, a virtude do amor é transformar o CAOS em encantamentos, bastando para tanto pequenos arranjos, e moderadas concessões, desde que estejamos com a pessoa que nos faz mais completo em corpo e alma, parabéns pelo vosso incisivo poema, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 01/06/2017 16:08  Atualizado: 01/06/2017 16:08
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: sempre existiram poemas de amor
E em tua pagina sempre existira poema de amor maravilhosos, com este que belíssimo