https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Coroai-me de espinhos frios ...

 
Coroai-me de espinhos frios ...
 










Coroai-me de tudo
Quanto dói, rosas de espinhos
Pra me crer um crivo
Que vive cirandando

Nesse corpo pra morrer,
Pois ele me devolve
Tanto quanto sente,
Coroai-me de tudo que é feio

E do que é estranho, do sabor da pimenta.
Vivo no rosto dum estrangeiro
Vindo d'França, que ninguém entende,
Coroai-me de flores murchas,

E estas se julgarão gente dest'mundo
E donas do meu coração,
Já que por fora não pareço quem sou,
Coroai-me de espinhos tortos,

Vodu ou solidão ,
Consciência de broca,
Aquela de que me tornei
Amigo, ela me envolve

Do tecido com que é feita,
Antigo quanto a passagem
D'onde tudo volve e avança,
Excepto minha alma cansada

Duma vida de peneira andante ...



















Jorge Santos (04/2018)
http://namastibetpoems.blogspot.com




Jorge Santos, aliás Joel Matos,aliás namastibet

 
Autor
Jorge-Santos
 
Texto
Data
Leituras
560
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
54 pontos
10
6
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 27/04/2018 17:37  Atualizado: 27/04/2018 17:37
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2028
 Coroai-me de espinhos feios
Open in new window

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 27/04/2018 18:22  Atualizado: 27/04/2018 18:22
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15161
 Re: Coroai-me de espinhos feios ...
Grande, Jorge! Tem o dom dos sábios e dos santos, meu querido. Veja:

" Vivo no rosto dum estrangeiro
Que ninguém entende, vindo de França,
Coroai-me de flores murchas,

E estas se julgarão gente dest'mundo
E donas do meu coração,
Já que por fora não pareço quem sou,
Coroai-me de espinhos tortos,..."


É um prazer provar da tua saborosa poesia! Abraços cá do outro lado do mar!
"

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 27/04/2018 19:41  Atualizado: 27/04/2018 19:41
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2734
 Re: Coroai-me de espinhos feios ...
Sem dúvida que sois um grande poeta
Os meus parabéns Joel

um abraço

Eu sou como um que entre o mar que lhe avança

Eu sou como um que entre o mar que lhe avança
Se vê e entre um rochedo alto e (...)
Mas com maior horror — ah, quão maior!
Perante a morte — aquilo que eu temo
Com horror que transcende todo o horror
Que os homens hão sentido — lhe aproxima...

Coroai-me de espinhos — sou aquele
Que mais no mundo tem sofrido.

P'ra resignar-se à morte é necessário
Não lhe compreender todo o horror,
Não lho medir. Perdi
A última ilusão que até agora
Ninguém perdera, nem o mais audaz
Cogitador metafísico — essa que faz
Com que o pavor não desça às nossas veias
Tornando-se um com a nossa vida.

Fernando Pessoa


Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 28/04/2018 09:18  Atualizado: 07/05/2018 18:01
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2028
 Bye-bye








O silêncio é para os outros,
Não me calo, prefiro apregoar
Alto o preço a pretender qu'valho
O que não digo entre "comas",

Parêntesis, repito o que disse
À partida como que a recuperar
Forças ou pra produzir algum
Efeito(até aí sou só aparências)

O silêncio é para os gordos,
Eu cerro os dentes mas apenas
Por fachada pois falo de mim
Sem parar e em letra grada,

Alivia-me o ranger das portas
Rolas sussurrando sob um'asa,
Alibi perfeito prá nota falhada,
Sinistro é quem se exprime

Deduzindo ser a arte um ritual
De sentimento beato profundo
Exclusiva pra extrema unção
Dos mortos ou pra uma orgia

De defuntos em semana gorda,
O silêncio é para os mortos
O falar pra mim é uma grávida
parindo, pelo menos eu sinto

Que palavra tem ser, vida, peso.
O silêncio é para os outros,
Eu não, arrepia-me o ranger
Dos dentes ...










Open in new window



Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 28/04/2018 11:18  Atualizado: 28/04/2018 11:18
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29297
Online!
 Re: Coroai-me de espinhos feios ...
Um verdadeira encanto que se pinta nesse lindas palavras alteiam do as belaz magias das poesias


Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 28/11/2018 12:19  Atualizado: 16/12/2018 10:20
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2003
 .
.