https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O Despertar do Desencanto

 
Do bem e do mal despertaram os meus desencantos.
Na escuridão do mundo vejo fantasmas, demônios e santos.
Desesperança obscura,
razão de um viver sem vida
quando quem deveria ficar,
deixa-se morrer em despedida.
Não há alento nessa descrente oração,
somente pranto, sombras, desilusão.
Toda a verdade em versos aqui despida.
Grito sufocado, portas fechadas,
amargura sem saída.
Alma em palavras por aí perdida,
solidão...

 
Autor
ALINE.LIMA
 
Texto
Data
Leituras
215
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/06/2017 21:01  Atualizado: 05/06/2017 21:03
 Re: O Despertar do Desencanto
Sentimentos como saudade e solidão são pródigos em produzir escritos como esse e, em cada um deles uma história real ou ficcional dolorida. Fiquei tentado em escrever que gostei do texto mas... gostei da forma com foi escrito, bem escrito. Diga-se porém:

Como gostar de solidão?

Abraços a escritora.


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 05/06/2017 21:07  Atualizado: 07/06/2017 10:45
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: O Despertar do Desencanto
Poema que mostra os desencontros dos sentimentos onde os sentidos da alma chora uma imensa dor