https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Amor de Zombaria

 
Descumpri promessas, quebrei tratados
desdenhei virtudes, experimentei os vícios
inocência livre, do cativeiro, saudei a cada um dos meus pecados.
Que fim levou a vida que ninguém
sonhava ou via ?
Do desamor provei o gosto amargo.
Nas noites que vestiam os dias,
o coração vagou por caminhos tortos
sem deixar nenhum legado.
Palavras vazias, sem valor ou significado.
Solidão deixando a sua marca como castigo e companhia.
Amor de zombaria, ilusão em tortuoso reinado.


 
Autor
ALINE.LIMA
 
Texto
Data
Leituras
229
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 28/06/2017 12:13  Atualizado: 23/11/2018 22:18
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29303
 Re: Amor de Zombaria
Um poema que traduz os incômodos de um coração que o grita a de moção, pois ador do amor, somente quem sente sabe o que é esse desprazer de viver